fbpx

Por que é importante fazer o treinamento da equipe da cozinha?

Preço, ambiente, menu e atendimento: esses talvez sejam os principais pilares que formam a opinião dos consumidores sobre restaurantes e outros negócios do ramo alimentício. Tudo isso está conectado ao seu quadro de colaboradores, portanto, passa muito pelo treinamento da equipe da cozinha.

Para que o preço seja justo, não pode haver desperdício; para que o menu seja seguido, é necessário conhecimento técnico; para que o ambiente seja limpo e saudável, os profissionais precisam ter um bom relacionamento entre si. Finalmente, um bom atendimento deve ser parte da cultura do seu negócio.

Como você pode perceber, investir no treinamento da equipe da cozinha é essencial para alcançar sucesso com seu empreendimento. Pensando nesse importante tema, preparamos este artigo em que apresentamos 8 razões para fazer esse investimento — e de que maneiras. Continue acompanhando para conferir!

Como investir no treinamento da equipe da cozinha?

Primeiramente, é importante saber que a Agência Nacional de Vigilância (ANVISA) preconiza que qualquer funcionário que trabalhe nesse ramo seja treinado em Boas Práticas de Manipulação de Alimentos, Inclusive, o órgão oferece um curso on-line e gratuito sobre o tema.

Nas aulas, o profissional aprende sobre controle de pragas, armazenamento e higienização de alimentos e procedimentos operacionais padronizados para higienização do ambiente de trabalho.

Portanto, invista nos colaboradores: estimule-os a frequentar esses cursos em instituições especialistas no assunto ou contrate empresas que montam treinamentos específicos para cada tipo de estabelecimento.

O importante mesmo é se manter atualizado: nunca pare de estudar, recicle seus conhecimentos e esteja preparado para as mudanças do mercado.

De qualquer forma, é recomendável que seu time entenda as Normas Regulamentadoras de Segurança e Saúde no Trabalho. Assim, ele estará apto a realizar procedimentos de segurança de forma mais independente, e essas ações poderão evitar acidentes tanto com seu pessoal quanto com clientes.

Somado a isso, você pode fazer reuniões para ensinar e recordar regras de higiene estipuladas pela Anvisa. Lembre-se de que a fiscalização é periódica e pode até fechar seu negócio caso não esteja tudo de acordo.

Por fim, dependendo da especificidade do seu menu, a equipe precisará conhecer mais a fundo os equipamentos, portanto, procure entender as instruções do manual de cada um deles para explicar aos funcionários como eles funcionam, ou entre em contato com a empresa que os vendeu, pois muitas delas oferecem cursos gratuitos para melhor utilização e limpeza dos produtos.

Por que investir no treinamento?

Os motivos são muitos, mas nós vamos explicitar os 8 principais neste artigo. Comece, o quanto antes, a investir no treinamento da equipe da cozinha do seu restaurante. Veja os porquês!

1. Evita o desperdício

Vamos começar pela parte que mais mexe com o seu bolso: o desperdício. É essencial que os funcionários saibam como receber, armazenar e usar todos os alimentos e insumos que você compra. Se esses produtos perecerem, seu caixa sairá prejudicado.

Somado a isso, o time deve estar bem treinado na produção de cada prato do menu, utilizando medidas adequadas e aproveitando os alimentos ao máximo.

2. Ajuda a manter a higiene

Como mencionamos, a Anvisa fiscaliza restaurantes e verifica se eles estão cumprindo o regulamento por ela estabelecido. Algumas normas determinam a necessidade de locais específicos para armazenar cada tipo de alimento e que o lixo deve ser descartado frequentemente e ficar longe dos produtos alimentícios usados na cozinha.

Nesse sentido, além de ensinar aos funcionários o que deve ser feito, é importante manter a rotina de higiene, tanto na manipulação e armazenagem de alimentos quanto no restaurante como um todo. Sem contar o fato de que os consumidores, sem dúvidas, preferem ambientes claramente limpos.

3. Melhora a segurança dos funcionários

Ao se dedicar ao treinamento da equipe da cozinha, você estará investindo na qualidade de vida de todas as pessoas que dela fazem parte. Afinal, diversos equipamentos que oferecem certo risco podem ser usados, além de contato com elementos cortantes e fogo.

Sendo assim, os colaboradores deverão usar Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), entender a função de cada um deles, além de aprender a usar cada item da cozinha.

Um time bem treinado sobre a segurança evita baixas e até eventuais processos jurídicos.

4. Descentraliza responsabilidades

Se toda vez que surgir um problema você ou o gerente for chamado, alguns serviços podem atrasar, ou seja, dinheiro será perdido.

Assim, o ato de ensinar todo o processo aos profissionais da cozinha, ainda que de forma básica, ajuda a descentralizar responsabilidades, o que, consequentemente, diminui o tempo de espera dos fregueses e aumenta a satisfação.

Dessa forma, você aumentará a capacidade de o seu time resolver pequenos e médios problemas que não necessariamente precisam de superiores para as tomadas de decisão.

5. Otimiza o tempo

Se sua equipe compreende os processos da cozinha como um todo, saberá exatamente como fazer cada prato. Como consequência, otimiza o tempo de preparação, bem como de qualquer outra etapa do trabalho. Imagine, por exemplo, um colaborador que não saiba usar uma amassadeira ou não entende o funcionamento da uma máquina de lavar pratos.

Com o tempo melhor gerido e todos os colaboradores treinados para atender um bom público, é possível até mesmo que seu quadro de funcionários seja enxugado.

6. Aprimora o atendimento ao cliente

Quem trabalha com público sabe que existem muitos tipos de consumidores e com diferentes exigências. Sendo assim, é importante que sua equipe esteja preparada para atender todos de forma atenciosa.

7. Reforça o profissionalismo

Características como atenção com os consumidores, proatividade, boa comunicação, paciência, honestidade, espírito de equipe, entre outras, são basais para uma rotina eficiente na cozinha e um atendimento mais completo.

Ao realizar um bom treinamento da equipe da cozinha, ficará mais fácil alcançar o nível de profissionalismo que seu negócio merece.

8. Aumenta os lucros

Finalmente, juntando todos os outros itens, é possível que seus lucros aumentem: com menor desperdício, mais segurança e higiene, pessoas bem treinadas, tempo de preparo reduzido e atendimento de qualidade, as chances de conquistar e fidelizar clientes aumentam bastante.

Lembre-se de que os treinamentos precisam ser reciclados, de forma que normas e dicas sejam atualizadas.

Investir no treinamento da equipe da cozinha só traz benefícios. A princípio, gastar uma graninha com isso pode assustar você ou parecer dispensável, mas é importante ressaltar que os benefícios no longo prazo são evidentes.

Se você gostou do nosso conteúdo e acha que ele pode ajudar outras pessoas, compartilhe com seus amigos nas redes sociais. Até a próxima!

Facebook Comments

Blog Comments
Avatar

Sou cozinheira de um hospital da rede pública, e nutricionista recém formada
Amei as dicas, é de grande importância obter informações tão enriquecedora
Parabens por compartilhar todo esse conhecimento conosco que atuamos na área de alimentação, e se preocupa com seu cliente, que é o foco principal

Prática

Ahh que lindo feedback Selma! Ficamos felizes em saber que conseguimos ajudar de alguma forma, os profissionais da área ❤

Deixe um comentário