Entenda os benefícios dos produtos pré-prontos no Food Service       

Entenda os benefícios dos produtos pré-prontos no Food Service       

  • Home
  • Gastronomia
  • Entenda os benefícios dos produtos pré-prontos no Food Service       
food service

O conceito de food service compreende toda a comida preparada fora do lar e engloba desde as grandes redes até o carrinho de cachorro quente, que também pode se tornar uma marca um dia. Eles estão presentes em todos os lugares onde há pessoas, como instituições, empresas, escolas, hospitais, rodoviárias, metrôs, aeroportos, linhas aéreas e assim por diante.

Se você já é familiarizado com as etapas de produção de negócios de alimentação, sabe que o comum é preparar ou separar os ingredientes adicioná-los à receita. Porém, uma tendência que tem conquistado tanto novos negócios quanto os mais tradicionais é a utilização de produtos já pré-preparados em suas receitas.

Ficou com curiosidade? Então leia o artigo e saiba mais sobre essa solução!

O que são produtos pré-prontos para food service?

Esses produtos são destinados aos serviços de alimentação por trazerem economia e praticidade para a operação de cozinhas profissionais, sem afetar em qualidade. Quando utilizados, eles ajudam a reduzir ou eliminar atividades com ingredientes, como:

  • Um pré-preparo, como lavar, desinfetar, descascar, picar;
  • Um preparo, como picar, ralar, cozimento, amassar, refogar;
  • E um “pós-preparo”, como embalar, armazenar ou conservar.

Com isso, há uma redução considerável no tempo de produção dos alimentos, o que agiliza o atendimento e supre a demanda de diversos estabelecimentos, principalmente de lanchonetes, hotéis, fast foods e restaurantes.

Vantagens da utilização de alimentos pré-prontos

Além da agilidade na produção das receitas, essa solução também proporciona:

  • Compra facilitada: como são prontos, na porção correta e bem embalados, são apenas entregues ao estabelecimento, o que evita o trabalho de ir até a central de abastecimento para escolher tudo presencialmente.
  • Redução de trabalho: sem necessidade de lavar, descascar, picar ou cozinhar, é só chegar e preparar a receita. O que facilita as produções profissionais, que têm mais tempo para as outras etapas do processo.
  • Menos embalagens e descarte: os alimentos pré-prontos vêm em apenas uma embalagem, diferente do que acontece quando juntamos vários ingredientes para fazer a preparação. Logo, esse processo gera menos lixo e, consequentemente, facilita o descarte.
  • Menos espaço ocupado na armazenagem: produtos inteiros e não trabalhados podem vir em grandes sacos e caixas, ocupando muito espaço. Já os pré-prontos vêm em pacotes de diversos tamanhos, permitindo a compra de quantidades mais exatas e reduzindo o espaço ocupado.
  • Porções com tamanhos precisos e padronizados: normalmente, os pacotes de produtos pré-prontos vêm em diversos tamanhos, o que nos permite padronizar as porções por pacotes individuais e oferecer sempre a mesma quantidade ao cliente.
  • Segurança de alimentos: um bom fornecedor sempre terá um controle rigoroso de todo o processo de produção dos produtos pré-prontos, o que garante insumos seguros para o consumo.

Como usar os produtos pré-prontos no food service?

Na cozinha tradicional, temos diversas etapas até o produto final: transporte, recebimento, armazenagem e separação dos insumos, pré-preparo e só então o preparo propriamente dito para depois servir ao cliente.

Para ganhar velocidade em todas essas fases é que entram os produtos pré-prontos no food service, porque eles otimizam o primeiro momento da entrada dos ingredientes na cadeia produtiva.

Se, em conjunto com o uso desses produtos, utilizarmos fornos combinados e outros equipamentos tecnológicos, conseguimos produzir com ainda agilidade e qualidade para suprir até as demandas mais exigentes.

Alimentos pré-preparados disponíveis no mercado

Apesar de ser uma solução relativamente nova, há uma grande variedade de produtos pré-prontos disponíveis no mercado. Hoje em dia, é possível encontrar diversas opções de carnes, embutidos, legumes, tubérculos (como batata e mandioca), cremes, molhos, grãos, sobremesas e recheios variados, entre muitos outros alimentos.

Porém, se você pensa que não é possível personalizar suas receitas com ingredientes prontos, está enganado, o grande segredo do uso deles é o “tempero e toque da casa”, ou seja, aquilo que seu concorrente dificilmente conseguirá replicar, seja no sabor, no aroma ou na apresentação. Além disso, você sempre terá algo a mais que o concorrente: agilidade no serviço.

Aplicando produtos food service em negócios menores

Essa solução também é perfeita para pequenos negócios, que precisam de espaço e não podem ter uma cozinha completa para produzir suas receita.

Nesse caso, a união dos produtos pré-prontos com fornos combinados menores e speed ovens vão dispensar o uso de outros equipamentos maiores e menos produtivos, como chapas e até fogões, o que economiza espaço e aumenta a produtividade.

Isso possibilita a operação em diferentes localidades estratégicas, onde antigamente não seria possível. Seja devido ao espaço, como em unidades de fast-food, lanchonetes, cafeterias e até em hotéis de pequeno e médio porte.

Aplicando em centros de produção

Para franquias, uma solução válida é a criação de uma central de produção para produzir alimentos pré-prontos. Nessas, os produtos serão, em maioria, preparados no forno combinado, para depois serem congelados no ultracongelador. Por fim, enviados para as unidades da franquia para serem finalizados sob a demanda dos clientes.

Como escolher produtos pré-prontos

Existem diversas marcas no mercado, porém, para garantir a qualidade de suas receitas, é recomendado optar por marcas que produzam tudo de forma natural. Busque saber sobre a origem dos alimentos trabalhados e como são preparados. Algumas marcas do mercado embalam os produtos à vácuo e os cozinham no vapor para oferecer alimentos mais saudáveis e saborosos.

Outra dica é buscar por marcas que ofereçam mais variedades de produtos, para que você possa diversificar seu cardápio, e que possuam certificados de qualidade.

Conclusão

Como você pôde notar, os alimentos pré-prontos podem facilitar e agilizar a etapa de produção no food service. Dessa forma você ganha mais tempo, espaço e rentabilidade para o processo. É uma solução que com certeza vale a pena analisar e implementar em diversos segmentos do food service.

Quer saber mais sobre o mercado de alimentação? Então acompanhe os blogs da Prática e da Vapza e fique por dentro!

Tags:
Deixe um comentário