6 sinais que você precisa trocar equipamentos na sua cozinha

equipamentos de cozinha
Powered by Rock Convert

O desempenho dos equipamentos de cozinha é fundamental para garantir produtividade e a qualidade dos alimentos armazenados e preparados. Por conta disso, é necessário higienizar, de forma correta e diariamente, os equipamentos utilizados para preparação de alimentos, além de realizar vistorias e, se necessário, substituí-los. No entanto, alguns usuários encontram dificuldades para identificar os sinais que indicam a hora de trocar os equipamentos. Pensando nisso, o post de hoje auxiliará você na avaliação sobre a necessidade da substituição de equipamentos da sua cozinha. Continue lendo e confira!

6 sinais que você precisa trocar equipamentos na sua cozinha

A seguir, confira as principais dicas de como identificar a necessidade de substituição de itens em sua cozinha:

Equipamentos que não atendem o seu negócio

O primeiro indício claro de que você precisa trocar os equipamentos da sua cozinha é quando eles não atendem mais a demanda de produção. Por exemplo, o número de consumidores aumentou muito e a produção não está suprindo a nova necessidade. Esse é o momento de pensar em trocar os equipamentos como um investimento. Pois, com maior número de pedidos sendo atendidos, em breve, o valor retornará ao caixa. Desse modo, caso possua muitos equipamentos que não estão atendendo suas necessidades de produção e identifique demora para preparação das refeições, pode ser interessante realizar uma pesquisa de orçamento de novos equipamentos para a cozinha

Presença de falhas durante o funcionamento

Caso o equipamento apresente falhas constantes de funcionamento, isso também é um indicativo de que pode ser necessária sua substituição, tendo em vista que o mau desempenho dos dispositivos pode comprometer a qualidade dos alimentos e diminuir a produtividade dentro da cozinha. Por exemplo, se as geladeiras, freezers e câmaras frias não estiverem mantendo os alimentos frios ou congelados de forma adequada ou até mesmo seja verificada oscilação de temperatura constante, isso pode comprometer a qualidade dos alimentos. Uma grande vantagem da troca, nesses casos, é que o valor gastos nas constantes manutenções pode ser utilizado em novos equipamentos e melhorias na cozinha. Indicativos desses problemas é analisar se há presença de odor ou fumaça saindo dos equipamentos, por exemplo. Um equipamento em constante manutenção gera problemas de tempo excessivo no preparo, reduz a produtividade, pode ocasionar uma impressão de atendimento ruim para os clientes e, por consequência, uma indesejável redução nos lucros.

Alto consumo de energia elétrica

Outro aspecto que indica que os equipamentos de cozinha devem ser trocados é o alto consumo de energia elétrica. Isso porque quando um aparelho começa a apresentar falhas ou desgastes, como borrachas de vedação de freezers gastas, isso gera um maior consumo de energia. Vale destacar também que equipamentos mais antigos tendem a gastar mais energia elétrica, pois o aprimoramento tecnológico também está ligado à redução no consumo.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Exaustão

Se a sua cozinha tiver presença de muita fumaça, é um indicativo claro de que a exaustão não está sendo realizada como deveria nos equipamentos. Assim, é necessário limpar os dutos de exaustão dos próprios individuais e também a coifa da cozinha. Caso após a limpeza correta dos equipamentos, a exaustão ainda não for satisfatória, é um sinal claro de que é necessário trocar os equipamentos.

Operacionalidade

Quando falamos em operacionalidade, levamos em conta diversos aspectos no uso dos equipamentos de cozinha, como: rapidez, eficiência, eficácia e menor consumo de energia e outros recursos. Porém, essa característica também trata da facilidade de operação e de não ser necessário treinamento específico para os colaboradores. Dessa forma, o momento da troca se tornará inevitável se um equipamento da sua cozinha:

  • Demora para realizar as tarefas do dia a dia: seja no tempo necessário para programar, preparar alimentos ou higienizar o equipamento.
  • Gasta muito em recursos, seja em capital humano, com muitas pessoas necessárias para operacionalizar, ou em energia elétrica, água, óleo, entre outros.

Outro aspecto da operacionalidade é a questão da automação. Uma característica que não pode ser encarada como “luxo”, pois é uma necessidade. Você não pode ter equipamentos na cozinha que dependam de atenção 24 horas dos colaboradores, é necessário que esses equipamentos tenham autonomia o suficiente na produção.

Equipamentos em mau estado de conservação

Por último, um sinal de que o equipamento de cozinha precisa ser verificado, a fim de avaliar a necessidade de troca, é a aparência. Isso porque o aspecto visual revela muito sobre o tempo de uso do equipamento, bem como se ele é muito utilizado pela equipe de cozinha. Vale destacar que quando falamos em aparência não estamos falando em higiene, uma vez que todos os equipamentos de cozinha devem ser limpos frequentemente. Portanto, se mesmo higienizado o aparelho apresenta rachaduras, pintura descascada, corrosão, trincados ou peças soltas, é necessário avaliar a necessidade de troca. Além desses aspectos, é preciso analisar a durabilidade dos materiais que compõem os seus equipamentos e se eles são difíceis de higienizar, pois esse é um grande problema.

Concluindo

Investir em novos equipamentos é uma forma de gerar maior economia, uma vez que os equipamentos novos oferecem diversos benefícios. Além disso, equipamentos com funcionamento inadequado podem comprometer até mesmo a qualidade das refeições, o que gera insatisfação nos clientes. Agora que você já sabe a importância que bons equipamentos têm na sua operação e no atendimento, confira também como criar um programa de fidelidade no seu restaurante.

Powered by Rock Convert

Facebook Comments

Deixe um comentário