Drinks: não deixe de faturar com as bebidas refrescantes no verão

Drinks: não deixe de faturar com as bebidas refrescantes no verão

drinks

Drinks: não deixe de faturar com as bebidas refrescantes no verão

A venda de drinks é de grande importância para diversos tipos de estabelecimentos, como restaurantes, churrascarias, quiosques, bares e hotéis. Isso se deve, em parte, ao fato de que as bebidas alcoólicas tendem a oferecer boas margens de lucro, o que contribui significativamente para o aumento da receita desses locais.

Além disso, a diversificação do cardápio por meio da oferta destes permite que esses estabelecimentos atendam a uma clientela mais diversificada, e quando bem elaborados podem complementar as refeições, realçando sabores e tornando a experiência de jantar mais agradável para os clientes. Essa sinergia entre comida e bebida é um fator importante para muitos frequentadores de restaurantes e bares.

A venda de drinks também desempenha um papel fundamental na criação de um ambiente agradável, especialmente em bares e hotéis. Música ao vivo, performances de bartenders habilidosos e a oferta de bebidas exclusivas podem transformar esses locais em destinos de entretenimento.

Além disso, promoções podem incentivar a fidelização contribuindo para a construção de uma clientela cativa e leal ao negócio.

Como montar um bom cardápio de drinks para acompanhar os pratos do restaurante?

Montar um bom cardápio de drinks que acompanhe os pratos do restaurante requer cuidado, criatividade e consideração para garantir uma experiência gastronômica completa. Aqui estão algumas etapas que você pode seguir:

  • Conheça o perfil do Restaurante: entenda o estilo e a proposta do seu restaurante. O cardápio de drinks deve estar alinhado com a cozinha e a atmosfera do local.
  • Considere a compatibilidade: os drinks devem complementar os pratos em vez de competir com eles. Considere a harmonização de sabores, texturas e temperaturas. Por exemplo, pratos picantes podem ser acompanhados por drinks refrescantes.
  • Variedade e Equilíbrio: Ofereça uma variedade de drinks que inclua opções alcoólicas e não alcoólicas. Mantenha um equilíbrio entre cocktails clássicos e criações exclusivas da casa.
  • Utilize Ingredientes Locais e Frescos: Aproveite ingredientes frescos e locais sempre que possível. Isso não apenas melhora o sabor dos drinks, mas também destaca a autenticidade do restaurante.
  • Crie Combinações Únicas: Desenvolva coquetéis exclusivos que sejam únicos para o seu restaurante. Isso pode atrair clientes em busca de experiências novas e memoráveis.
  • Apresentação Visual: A apresentação dos drinks é importante. Copos, guarnições e até mesmo a maneira como o drink é servido podem impactar a experiência do cliente.
  • Preço Adequado: Considere os preços dos drinks para garantir que estejam alinhados com o público-alvo do restaurante e com o preço médio das refeições.
  • Feedback dos Clientes: esteja aberto ao feedback dos clientes e esteja disposto a ajustar o cardápio de drinks com base nas preferências e comentários dos clientes.
  • Atualização Periódica: Mantenha o cardápio de drinks atualizado sazonalmente ou de acordo com as tendências. Isso mantém o interesse dos clientes e oferece novas opções ao longo do ano.
  • Promoções e Eventos Especiais: crie promoções especiais ou eventos temáticos que destaquem os drinks do cardápio e incentivem os clientes a experimentá-los.

Conte com apoio de um sommelier

Embora o termo “sommelier” seja frequentemente associado à seleção e harmonização de vinhos, muitos sommeliers também têm conhecimento e experiência em outras bebidas alcoólicas, incluindo coquetéis.

Eles ajudam a escolher as bebidas que serão incluídas no cardápio do restaurante, incluindo vinhos, destilados, cervejas e coquetéis. Levam em consideração a proposta do restaurante, a cozinha e o público-alvo ao fazer essas escolhas.

Da mesma forma, sugerem e orientam os clientes na escolha das bebidas que melhor complementam os pratos do restaurante, o que envolve uma compreensão profunda das características de sabor, aroma e textura tanto das bebidas quanto dos pratos.

No caso de drinks, o sommelier precisa estar familiarizado com os ingredientes usados na coquetelaria, desde licores e xaropes até ervas e frutas, podendo aconselhar o barman sobre quais ingredientes funcionam melhor.

Além disso, eles podem adaptar recomendações de bebidas com base nas preferências individuais dos clientes e atualizar as sugestões de harmonização para refletir as novas opções disponíveis, bem como participar no treinamento da equipe de atendimento.

Listamos os drinks mais populares no Brasil para você conhecer!

  1. Caipirinha: Feita com cachaça, limão, açúcar e gelo, a caipirinha é o drink mais famoso e tradicional do Brasil.
  2. Caipiroska: Uma versão da caipirinha feita com vodka em vez de cachaça, geralmente com limão e açúcar.
  3. Sakerinha: Uma variação da caipirinha feita com saquê em vez de cachaça, geralmente com limão e açúcar.
  4. Gim-tônica: Um clássico internacional que ganhou popularidade no Brasil, feito com gim, água tônica e limão.
  5. Mojito Brasileiro: Similar ao mojito tradicional, mas com cachaça em vez de rum, além de limão, hortelã, açúcar e água com gás.
  6. Piña Colada: Embora não seja tipicamente brasileira, a Piña Colada, leva rum, abacaxi e leite de coco,
  7. Rabo de Galo: Feito apenas com cachaça e vermute, o Rabo de Galo é uma escolha forte e simples para os amantes de cachaça.
  8. Negroni Brasileiro: Uma versão do clássico Negroni com cachaça, vermute tinto e Campari.
  9. Moscow Mule: Feito com vodka, suco de limão, ginger beer e gelo, o Moscow Mule é um drink refrescante e picante que ganhou popularidade no Brasil.
  10. Margarita: Um clássico da coquetelaria, a Margarita é com tequila, licor de laranja, suco de limão e sal na borda do copo.

UCK – Ultracongelador de canecas

A temperatura desempenha um papel crucial na experiência de degustação de bebidas, especialmente quando se trata de coquetéis. Nesse contexto, a prática de manter os recipientes já gelados no momento do serviço é um diferencial que agrega valor ao produto e otimiza o serviço.

Muitos estabelecimentos recorrem à tradicional técnica de deixar os copos na geladeira, se houver espaço disponível, ou utilizam gelo antes de preparar e servir o drink. Contudo, a implementação de um equipamento como o UCK surge como uma solução inovadora e eficaz.

Além de simplificar a operação, o equipamento proporciona uma maneira mais eficiente e precisa de manter os copos na temperatura ideal, eliminando a necessidade de ocupar espaço valioso na geladeira ou depender uso de mais gelo.

A proposta de utilizar o UCK não se limita apenas ao serviço de chope, mas também se estende ao universo dos coquetéis. A combinação de recipientes pré-gelados e a tecnologia deste equipamento representa um investimento estratégico para destacar-se no cenário competitivo das bebidas.

Conclusão

Por fim, a venda de drinks não é apenas uma estratégia financeira, mas também uma maneira de promover a cultura e a identidade do estabelecimento. A criação de drinks exclusivos ou a incorporação de bebidas tradicionais da região fortalece a conexão do local com a cultura local e pode tornar-se parte de sua marca distintiva.

E, falando em bebidas, que tal servir o chope ainda mais gelado? Você já conhece o ultracongelador de canecas? Confira nosso conteúdo sobre este equipamento.

Tags:
Deixe um comentário

error: Content is protected !!