Forno elétrico ou a gás: qual se adequa melhor ao seu negócio na panificação?

  • Home
  • Panificação
  • Forno elétrico ou a gás: qual se adequa melhor ao seu negócio na panificação?

Você já se pegou na dúvida na escolha entre um forno elétrico ou a gás? Pois é, esse é um dilema muito comum entre os donos de padarias e demais estabelecimentos. Isso porque, a qualidade — e a aparência — de muitos alimentos dependem exclusivamente do equipamento que será utilizado para assá-los.

Ao utilizar um aparelho inovador e de alta tecnologia, você terá mais chances de fazer com que o seu negócio se destaque no setor e, logo, cresça e atraia cada vez mais os olhares da clientela. Ainda assim, ao considerar esses detalhes, há quem se sinta inseguro. Afinal, o que analisar ao longo da escolha? Quais são as vantagens de cada opção oferecida no mercado?

Para solucionar essas — e outras — dúvidas, o ideal é contar com uma equipe que entende do assunto. Por isso, o time da Prática preparou um material completo, com todas as informações sobre o forno elétrico e a gás, assim como as principais medidas que devem ser seguidas para definir os seus equipamentos de panificação. Anote as sugestões!

Por que a escolha do forno é tão importante?

Escolher o forno ideal para um estabelecimento é primordial — e tal cuidado não deve ser deixado de lado. Aqui, devemos ressaltar que esse equipamento é uma ferramenta central de uma panificação e, por isso, deve ser escolhido de acordo com o perfil, tamanho e qualidade corretos para cada negócio.

Um erro muito comum é acreditar que todos os fornos são iguais. Costumamos dizer que esses aparelhos são semelhantes aos sapatos: cada um com um tipo, tamanho e indicado para ocasiões distintas. Inclusive, não é incomum que empreendimentos sérios contem com diversos modelos de fornos à sua disposição. Cada qual, destinado a um tipo de produto e produção, fazendo distinções claras dos perfis dos alimentos e de suas respectivas demandas.

Outro ponto relevante é que o forno é considerado o “gargalo” da produção. É por lá que todos os produtos de panificação passam em algum momento e, por essa razão, a sua importância é grande e não pode ser ignorada.

Ainda que existam diversos tamanhos de fornos disponíveis no mercado, se o empreendedor possui um espaço muito pequeno e um forno menor ainda, ele corre o risco de não conseguir atender aos seus clientes e, em algum momento, vai precisar mudar de local de trabalho. Por isso, na fase de idealização da loja, é essencial analisar todos esses detalhes.

Ao contar com um bom equipamento será possível aproveitar alguns benefícios que somente as máquinas corretas — e de alta performance — podem proporcionar. Entre eles, destacamos:

  • diminuição no consumo de energia, mais isolamento térmico e sistemas de economia de energia extra;
  • praticidade na hora de higienizar a câmara;
  • maior vida útil do equipamento;
  • mais segurança e economia energética;
  • padronização com alguns modelos, contando com programação de receitas e até controle de volume de injeção de vapor;
  • manutenção mais simples e barata;

Quais são as vantagens do forno elétrico?

Assim que iniciar a sua pesquisa, você perceberá que existem diferentes modelos de máquinas disponíveis no mercado, como o forno elétrico ou a gás. Neste tópico, vamos falar sobre as alternativas elétricas e os seus principais pontos positivos para um empreendimento. Veja:

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
  • possibilidade de controlar com exatidão a temperatura: nos fornos a gás a retomada de temperatura é mais difícil, diferente das versões elétricas, que contam com o acionamento das resistências de forma rápida e eficaz.
  • capacidade de assar mais de um alimento ao mesmo tempo: isso ocorre, particularmente em fornos lastro, pelo fato dos equipamentos elétricos terem câmaras independentes, como o Ecopower Prática;
  • fazem uso apenas de energia elétrica;
  • é uma solução mais fácil de limpar e de cuidar da manutenção;
  • menor área útil ocupada, por terem sistemas simplificados de aquecimento.

Quais são as vantagens do forno a gás?

Assim como o forno elétrico, as versões a gás contam com diversos benefícios. Normalmente, essa opção oferece um excelente custo-benefício por consumir menos energia, além de outros diferenciais, sendo eles:

  • oferecem maior produtividade com fonte de energia de menor custo (gás);
  • é ideal para quem já possui uma central de gás com instalações e já utiliza outros equipamentos do mesmo tipo, facilitando a instalação;
  • é uma alternativa acessível para regiões onde o preço do gás é menor e o fornecimento é mais fácil. Também há a possibilidade de utilizar gás natural;
  • o uso do gás não influencia na qualidade dos produtos.

Dica

É imprescindível que o modelo ideal consiga suprir as necessidades do estabelecimento. Por exemplo: há locais em que o custo do kW é muito alto e, consequentemente, tornam as opções a gás mais atrativas. Por outro lado, existem estabelecimentos em que o gás é proibido e o forno elétrico sai como a única opção disponível.

O estudo do custo-benefício energético deve ser baseado em um comparativo que considera os produtos produzidos no local, o volume do preparo e, inclusive, o regime de produção, assim como uma avaliação dos valores mensais do kW versus o consumo de gás no mesmo período. Assim, ficará mais fácil identificar a alternativa que melhor se encaixa em seu perfil sem causar nenhum prejuízo.

Como saber qual é o equipamento ideal para o meu negócio de panificação?

Ainda não sabe se deve escolher um forno elétrico ou a gás? Para optar pelo caminho ideal você pode considerar alguns fatores básicos, mas que farão milagres em sua experiência e rotina profissional. A seguir, contamos quais são eles.

Conheça o seu produto

A única maneira de escolher um forno adequado é conhecer a fundo o seu produto. Se você não entende as etapas produtivas do que será oferecido ao cliente, dificilmente conseguirá escolher o equipamento correto. Sendo assim, é necessário ter claramente definidos os padrões de qualidade exigidos ou idealizados pelos seus consumidores.

Entenda o consumidor

Muitos empresários passam noites em claro refletindo sobre questões e padrões que dizem mais a respeito deles mesmos do que do público. Às vezes, tudo o que o cliente quer é apenas um produto quentinho, fresco, servido na hora e com o padrão de qualidade mais básico possível. E, surpreendentemente, não são raros os proprietários de negócios que falham terrivelmente ao entregar esses itens básicos. Portanto, toda a atenção é pouca!

Pense grande

O negócio deve crescer para sobreviver — e jamais para ficar estagnado. Se você não possui capacidade de crescer a médio e longo prazo, todos os clientes que forem conquistados nesse período serão perdidos rapidamente. Dito isto, é preciso estar sempre preparado e contar com um forno que seja “maior do que o seu sonho”.

Considere a automação

O seu negócio não pode ficar na Idade da Pedra. Mesmo nas chamadas “produções artesanais”, o uso de tecnologias não representa perda das características dos processos, mas garante mais produtividade e, até mesmo, mais controle ao longo das atividades. Fora isso, a automação ajudará a eliminar o trabalho extra-humano, que costuma representar custos excessivos no fim do mês e desgastar a equipe por completo.

Viu só? Com essas dicas e informações exclusivas, garantimos que escolher entre o forno elétrico ou a gás ficou mais simples.

E lembre-se: é muito importante fechar parcerias de sucesso na hora de escolher o equipamento ideal para o seu negócio! Então, aproveite e entre em contato conosco para conferir os equipamentos exclusivos da Prática. Somos líderes no segmento de equipamento para o preparo de alimentos no Brasil e possuímos mão de obra qualificada para o desenvolvimento dos melhores produtos.

Fornos de PanificaçãoPowered by Rock Convert

Facebook Comments

Deixe um comentário