Frango assado: aumente suas vendas no supermercado e padaria

  • Home
  • Gastronomia
  • Frango assado: aumente suas vendas no supermercado e padaria
frango assado

O frango assado típico da padaria ou do supermercado, atrai os clientes com seu aroma e visual despertando o apetite. Ele é de venda fácil e rápida por ser muito popular nas refeições.

Com seus acompanhamentos clássicos como farofa, salpicão ou maionese, é uma conveniência e conforto para quem está sem tempo. É incluído na lista dos itens da alimentação fora do lar, que por sinal, está novamente aquecida.

Só para ilustrar, uma projeção da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) divulgada pela CNN Brasil, o setor food service deve fechar o ano de 2021 com 27% de participação nas vendas totais de alimentos no mercado interno. Isto equivale a R$ 173,3 bilhões.

Portanto, preparamos uma postagem especial com informações e dicas para lucrar mais com a venda de frango assado. Leia abaixo.

Como é feito o frango assado na padaria e supermecado hoje?

Atualmente são comuns equipamentos chamados “frangueiras”. Estes são assadores a gás que permitem basicamente o preparo de frangos, com preço de aquisição acessível, porém de alto custo operacional. Eles funcionam tanto como forno quanto expositor.

Os produtos ficam girando em espetos e o tempo para assar aproximado é entre 2 a 4 horas, dependendo da quantidade e tamanho das aves.

Dificuldades da produção convencional de frango assado

Como são equipamentos simples, não possuem isolamento térmico e acabam elevando a temperatura ambiente. Por consequência, há também consumo maior de gás, em média um botijão de 13kg por dia de operação.

A operação apresenta dificuldades como o carregamento e descarregamento das aves nos espetos. Há fatores como excesso de peso, alta temperatura, falta de espaço de manuseio, entre outros que aumentam os riscos de acidentes.

Ademais, a limpeza é feita manualmente e por vezes, de forma inadequada. Toma tempo extra do colaborador no final do expediente e o uso de desengordurantes potentes representa um risco para saúde e uma agressão ao meio ambiente.

Embora bastante utilizados em pequenos empreendimentos iniciais ou consolidados, é importante se pensar no uso de novas tecnologias. Neste quesito, os fornos combinados podem ser uma alternativa interessante.

Por que utilizar o forno combinado para preparar o frango assado?

Os fornos combinados são equipamentos que unem tecnologias de convecção de ar quente, com a geração de vapor d’água. Eles preparam grande variedade de receitas, além de assar todo tipo de proteínas com maior velocidade e suculência.

Vejamos algumas vantagens do uso dos fornos combinados no preparo de frango assado e outros produtos:

Controle preciso de temperatura

Sensores de câmara e sonda de temperatura tipo espeto, monitoraram as temperaturas externa e interna do alimento. Com isso, um acabamento perfeito crocante e suculência.

Menor tempo no preparo do frango assado

Só para ilustrar, um forno combinado de 6 gastronorms com 12 frangos cada, o tempo médio para assar é de 55 minutos. Considerando aves de 1.2kg à 1.6kg com perda média de 25% de peso, aproximadamente. 

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Frango assado mais suculento

O sistema de distribuição de calor do forno, o controle de temperatura e o menor tempo para assar, preservam a umidade da carne e volume. Especialmente no peito, o que agrada mais aos olhos e paladar dos clientes.

Lucratividade

A maior umidade e volume também se reflete na lucratividade. Tanto em estabelecimentos que vendem por peso, quanto àqueles que vendem por unidade. Eles proporcionam ao cliente produtos melhores e para o empreendedor, menor perda. Quanto mais líquido preservar maior é o rendimento da receita e satisfação para os clientes.

Facilidade de operar

Ao invés de espetos, usam grelhas tipo torre que permitem assar até 6 frangos em cada uma. O carregamento é facilitado nos modelos com capacidade de 6, 12 e 18 frangos. Nos modelos de 36 e 72 frangos este processo é feito com auxílio carros verticais, o que torna a operação mais ergonômica e eficiente.

Menor calor ambiente

Por possuírem melhor isolamento térmico, propagam menos calor no ambiente e minimizam o desperdício de energia. Isso melhora a temperatura nas áreas de operação e venda com mais conforto local.

Uso racional de energia

Podem ser elétricos ou gás, adequando-se perfeitamente à disponibilidade energética do estabelecimento, ambos com sistemas de controle precisos que minimizam desperdícios.

Múltiplos preparos

Além do frango assado, são muito eficientes no preparo de todos os tipos de proteínas assadas ou grelhadas, legumes, arroz, frituras. Outros tipos de pratos são possíveis, aumentando a variedade de oferta no cardápio, transformando seu negócio em uma rotisserie.

Limpeza automática

Alguns modelos são equipados com sistema de higienização automática, que são mais econômicos e previnem riscos de acidentes. Facilitam o trabalho do operador, reduzem custos e ocorrências de manutenções, tornando a operação mais segura e lucrativa.

Construção totalmente em aço inoxidável

Além da segurança alimentar proporcionada pelo aço inox. Esse material torna o equipamento mais durável, confere maior eficiência energética e facilidade de higienização. Mantendo-se em dia os processos de higienização e manutenção, o equipamento terá vida útil de vários anos, melhorando muito a relação de retorno do investimento.

Dicas de comercialização do frango assado

Logo após resolvermos a questão de produção, é hora de pensar na frente da loja. Quanto espaço temos? Como faremos o atendimento dos clientes? Como garantir que eles tenham uma boa visualização dos produtos? Veremos a seguir.

É comum vermos assadores posicionados próximos da entrada e da rua de modo a maximizar a visão. Todavia, é fundamental checar com a Vigilância Sanitária local se isto é permitido, quais as medidas de segurança alimentar e comercialização devem ser respeitadas.

A manipulação de produtos frescos deve ser feita em local limpo e limitado da circulação de clientes. Há riscos de acidentes pela temperatura emitida pelos assadores, bem como o risco de contaminação alimentar. Cada vez mais o cliente valoriza estabelecimentos que se preocupam com essas questões.

Aumentando as vendas de frango assado com uma boa visualização

Além disso, temos que cuidar da exposição do produto. Esta deve ser atraente aos cinco sentidos humanos: visão, paladar, olfato, tato e audição. Dessa forma, sugerimos uma solução que engloba todos os aspectos citados acima, a Rotisseria Gourmet que oferece as seguintes vantagens:

  1. Visualização completa dos produtos expostos, sendo além do frango assado, qualquer tipo de proteína ou acompanhamento.
  2. Carrossel em duas bandejas que giram 360°C, aguçando a curiosidade dos clientes.
  3. Vitrine construída com laterais e portas de vidro temperado, com sistema que impede que embacem.
  4. Aquecimento e iluminação especial, mantendo os produtos em temperatura ideal para consumo imediato por até 6h, com frescor, suculência e exterior crocante.
  5. Otimiza a área de venda por ser compacta e vertical, ocupando menos espaço que os assadores tradicionais.
  6. Por ser modular, permite a combinação ideal para cada ambiente, ajustando-se à demanda de venda do estabelecimento.
  7. Fácil higienização, pois todas as partes internas são removíveis, mesa de apoio, bandejas e coletor de resíduos.

Concluindo

Em suma, com investimento em tecnologia conseguimos fazer um atendimento flexível. E o melhor, dentro de áreas reduzidas, melhorando as vendas e o bem-estar do cliente. Além de segurança aos funcionários e claro, fornecendo sempre com variedade e qualidade.

Por fim, se deseja aprender mais veja sobre o que é e como implantar uma rotisseria ou como reduzir a perda de pesos das proteínas, continue a leitura.

Powered by Rock Convert

Facebook Comments

Tags:
Deixe um comentário