Como ampliar o horário de atendimento do serviço de quarto?

Como ampliar o horário de atendimento do serviço de quarto?

horário de atendimento do serviço de quarto

A ampliação do horário de atendimento do serviço de quarto no serviço hoteleiro, se apresenta como um diferencial e necessidade neste momento em que o mercado do turismo está em franco reaquecimento, tanto para negócios quanto para lazer.

Um levantamento do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB), publicado no site do governo, mostra alta de 19,4% na taxa de ocupação hoteleira entre junho e julho, com destaque para a região Nordeste, que aumentou em quase 40% a taxa de ocupação de seus hotéis, e a região Sul, onde a taxa de ocupação hoteleira apresentou alta de cerca de 32%.

Dessa maneira, vem a necessidade de reestabelecer os serviços de alimentação nos hotéis. Parte desses é o room service, ou serviço de quarto, que atende às necessidades dos hóspedes, especialmente em horários não-convencionais.

Por isso, preparamos essa postagem repleta de informações e dicas sobre o tema. Leia e acompanhe!

Por que oferecer o serviço de quarto?

Antes de mais nada, além do aumento imediato do ticket médio da estadia e a retenção do hóspede, temos outros benefícios, como veremos a seguir.

a) Aumento dos índices de satisfação dos hóspedes

Atualmente, é comum o cliente avaliar os produtos e serviços que compra e consome, com a hotelaria não é diferente. Normalmente o hóspede comentará online sua avaliação, principalmente se gostar ou desgostar demais da hospedagem.

Portanto, a avaliação positiva é importante porque é uma parte do processo de decisão do cliente.

Desse modo, o que pesa é a disponibilidade, agilidade, preço e a qualidade dos produtos e serviços de alimentação da unidade, portanto ao investir nesses pontos, é possível ter uma boa nota de satisfação.

b) Diferencial sobre novos concorrentes

Por exemplo, um dado divulgado também pelo FOHB mostra que houve um aumento de 46,1 mil “studios” e apartamentos de 1 dormitório nos últimos 3 anos, apenas em São Paulo. Esses locais contam com as funcionalidades de uma pequena casa, onde é possível preparar refeições.

Entretanto, os hotéis, podem oferecer alternativas de alimentação com boa relação custo-benefício para oferecer praticidade e contrabalancear essa tendência.

c) Conveniência, conforto e segurança para o hóspede

Sair e procurar um local com produtos e preços dentro do orçamento é uma tarefa que toma tempo. No caso de férias, essa pode ser uma aventura, porém, quando o assunto é trabalho, é extremamente conveniente pedir algo sem sair do quarto.

O medo de sair para alguns locais, especialmente à noite, também impacta no comportamento dos hóspedes, que preferem ficar no hotel. Assim sendo, poder oferecer uma refeição, mesmo que básica, para seus clientes significa conforto e segurança.

Como é uma cozinha em hotel hoje?

No sistema padrão dos hotéis tudo é feito no dia, na hora ou dias antes. Tem-se um ou mais cozinheiros, alguns auxiliares e os garçons. A equipe precisa ser mais extensa, pois há necessidade de utilizar diversos equipamentos e utensílios que a cozinha convencional demanda.

Com isso, para atender fora dos horários comuns (café, almoço e jantar), precisa-se criar, manter e gerenciar toda estrutura de um terceiro turno, ou seja, é uma cozinha 100% operacional 24/7, o que, por sua vez, implica em mais custos.

Dessa forma, torna-se extremamente necessário investir em outras abordagens para o atendimento não só de room service, mas também de todo o fornecimento de alimentação.

O que é a produção antecipada?

Essa solução consiste em preparar ingredientes ou até produtos já montados, congelá-los, armazená-los no freezer ou na geladeira e finalizá-los ou regenerá-los quando o cliente solicitar algum item do cardápio. Para isso é necessário o congelamento rápido e de qualidade dos ultracongeladores.

Na hora de regenerar/finalizar, basta montar o lanche ou um prato e levar aos speed ovens, fornos de alta velocidade que utilizam diferentes fontes de calor para finalizar alimentos em poucos minutos ou até segundos.

A implementação ser integral de imediato, ela pode-se ser inserida gradualmente, priorizando itens que demandam muito tempo para preparar ou um cardápio específico para alguma necessidade, como, por exemplo, um cardápio noturno com lanches rápidos.

a) Vantagens da produção antecipada para o hotel

Com a produção antecipada, é possível ter um serviço:

  • Mais agilidade: com produtos e ingredientes já prontos que passam só pelas fases de finalização rápida e montagem antes de chegar ao cliente;
  • Aumento da qualidade: com um congelamento que preserva as características originais dos alimentos e a o acabamento de qualidade dos speed ovens;
  • Traz segurança: graças ao congelamento rápido que interrompe a atividade bacteriana e gera segurança de alimentos;
  • Menos desperdícios: com a validade dos alimentos prolongada pelo congelamento rápido e a possibilidade de finalizar apenas sob demanda.

b) Quais são os equipamentos necessários para ampliar o horário de atendimento do serviço de quarto?

Contudo, os equipamentos e tamanhos variarão de acordo com o cardápio da casa e as especificidades de cada alimento.

Só para exemplificar, seguem os principais:

Fornos combinados: independentemente do tamanho, eles são utilizados para o preparo de todo o cardápio, que será posteriormente ultracongelado e armazenado. Eles também podem ser utilizados para a regeneração na hora de servir. Há também os fornos de convecção e vitrine, mais compactos para assar e finalizar produtos de panificação e confeitaria.

Ultracongelador: esse é essencial, porque ele trabalha com uma temperatura de -35° utilizada para congelar os produtos a -18°C no núcleo em até 240 minutos, tempo máximo recomendado para um congelamento. Nesse processo, além de ser mais seguro, o alimento mantém todas as suas características originais de sabor, aroma e aspecto.

Speed Ovens: esses fornos de alta velocidade contam com três fontes de calor: micro-ondas, ar quente em alta velocidade e infravermelho, porém existem versões que utilizam apenas o ar quente e o infravermelho. A combinação dessas fontes permite a finalização ultrarrápida e de qualidade de alimentos resfriados ou congelados.

Concluindo

Em suma, como você pôde ver, o turismo voltou com tudo e, além da qualidade da hospedagem, os hotéis precisam conquistar os hóspedes também pela alimentação, o que só é possível com a ajuda de soluções novas que diferenciem o seu negócio da concorrência com mais qualidade e velocidade no serviço de quarto. Se você também precisa de ideias sobre o que preparar para conquistar clientes e faturar mais, confira nosso artigo sobre a venda de pizzas no hotel!

Tags:
Deixe um comentário