Marmitas fit: Alimentação pronta para quem treina ou cuida da saúde

Marmitas fit: Alimentação pronta para quem treina ou quer cuidar mais da saúde

  • Home
  • Gastronomia
  • Marmitas fit: Alimentação pronta para quem treina ou quer cuidar mais da saúde
marmitas fit

A alimentação é uma necessidade básica de todo indivíduo, o que faz com que o setor fique constantemente aquecido e inove sempre para atender novas demandas. Uma delas é a busca por comidas saudáveis.

Nesse sentido, as marmitas fit estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e representam uma ótima chance para você aumentar o faturamento do seu restaurante. Quer conhecer melhor essa tendência? Continue a leitura.

Dicas para vender marmitas fit no restaurante

Na correria do dia a dia, muitas pessoas optam por comprar marmita. Isso também acontece com o público fit, que busca refeições saudáveis e completas para suprir os nutrientes.

Ao elaborar marmitas fit no seu restaurante, mesmo que ele não seja exclusivo disso, você pode elevar a lucratividade do seu negócio. Isso porque a tendência é que esse setor aumente cada vez mais, com as pessoas desejando uma alimentação melhor.

Veja a seguir cinco dicas para vender marmitas fit.

Conheça o público-alvo

A alimentação fit é um estilo alimentar que visa promover saúde, além de ganho de massa muscular magra ou emagrecimento, o que atrai um público diversificado.

Pessoas que desejam uma vida saudável ou praticam atividades físicas buscam marmitas fit por diversos fatores, como praticidade, custo-benefício, experiência alimentar e dieta nutritiva. Então o público não é homogêneo, o que significa que você precisa conhecê-lo e saber o que cada grupo busca.

Além da falta de tempo, outra dificuldade do público fit é com relação ao preparo das refeições. Desse modo, tenha o acompanhamento nutricional para elaborar o cardápio e deixe claro para os consumidores que eles receberão um prato elaborado por profissionais. Isso faz total diferença na hora de atrair e fidelizar a clientela.

Outro fato a se levar em conta é que existem pessoas com alimentação restritiva, como, por exemplo, as que aderem à dieta low carb ou não consomem nada de origem animal. Logo, inclua no cardápio opções de proteína vegetal, como tofu, proteína texturizada de soja e leguminosas (ervilha, lentilha, verduras verde escuras ou grão-de-bico).

Escolha bons fornecedores

Contratar fornecedores confiáveis é fundamental para o sucesso do seu restaurante. Os produtos devem ser bem escolhidos para que as refeições sejam de qualidade.

Assim, tenha atenção à procedência, bem como ao transporte. Evite comprar alimentos perecíveis, como carnes, em uma quantidade muito elevada para diminuir os riscos de desperdício.

Se possível, adquira produtos orgânicos e mostre aos consumidores que os alimentos, além de fit, não contêm agrotóxicos.

As embalagens também são importantes, já que marmitas exigem um manuseio especial. Para alimentos quentes, é importante também que o material utilizado mantenha-os quentes por mais tempo.

Com relação à entrega, o seu restaurante pode ter entregadores contratados, você pode contratar uma empresa terceirizada para esse serviço ou, por fim, pode utilizar também aplicativos de entrega. De qualquer modo, tenha atenção para que a marmita chegue ao destino bem embalada e em um tempo ágil.

Capacite a equipe 

A equipe deve conhecer as normas sanitárias e as boas práticas para manipular os alimentos, além do bom manejo de equipamentos profissionais, técnicas de preparo e montagem de marmitas, bem como de congelamento, se for o caso.

Outra questão é a capacitação da equipe acerca da gastronomia saudável por meio de cursos e treinamentos.

Os atendentes também precisam de um treinamento adequado para que o cliente tenha uma boa experiência com o seu restaurante, seja em uma compra presencial ou por delivery.

Divulgue as marmitas fit

O marketing é de suma importância para que o negócio de marmitas fit ganhe notoriedade.

Uma estratégia é investir em parceiras, como uma academia. Dessa forma, os clientes da academia conhecerão o trabalho do seu restaurante e podem se tornar consumidores.

Da mesma maneira, invista em divulgação no meio digital, com sites e redes sociais. Para isso, tenha uma identidade visual bem definida em um perfil elaborado para publicar conteúdos relevantes sobre o seu restaurante e sobre comidas fit.

Automatize os processos e use recursos tecnológicos 

Hoje em dia, o delivery está em alta e as pessoas compram alimentos por aplicativo. Em vista disso, você pode elaborar um cardápio virtual, que estará disponível aos consumidores que desejam pedir a marmita.

Use a tecnologia para organizar os pedidos, pois isso evita atrasos e desistências, além de controle de estoque, fluxo de caixa e outros processos que podem ser automatizados, o que otimiza o tempo e melhora a gestão do negócio.

Ofereça kit mensais ou semanais

Uma boa estratégia para fortalecer o negócio é fornecer combos com marmitas para refeições semanais ou mensais. Para isso, é interessante montar um cardápio diversificado, com opções de proteínas e carboidratos diferentes.

Monte combos que possam ser armazenados no congelador e finalizados de forma rápida pelo cliente no microondas ou em banho-maria. Esse tipo de oferta é bastante interessante, principalmente quando traz um bom custo-benefício para o cliente.

Como montar um cardápio atrativo de marmitas fit

É muito importante escolher bem os alimentos e montar um cardápio equilibrado e rico em nutrientes.

Os alimentos devem ser, preferencialmente, cozidos ou assados, e fazem parte do grupo de proteínas, carboidratos e gorduras, como:

  • proteínas animais, como carne, frango e peixe;
  • proteínas vegetais, como tofu e proteína texturizada de soja;
  • ovos;
  • vegetais, legumes e hortaliças;
  • leguminosas, como feijão, lentilha, ervilha e grão-de-bico;
  • cereais integrais;
  • gorduras saudáveis, como óleo de coco e azeite de oliva;
  • frutas;
  • sementes, como chia, linhaça e gergelim;
  • suco de frutas, água de coco e chás.

Em geral, as frutas e a salada são embaladas à parte. Você pode oferecer a opção de ter uma sobremesa e suco, ou não.

Normalmente, as marmitas possuem um peso pré-estabelecido, com uma “quantidade correta” de cada alimento a ser ingerido, calculada para entregar uma refeição nutricionalmente balanceada.

Procure inovar na apresentação dos ingredientes, porque ninguém gosta de comer todo dia o mesmo prato. Portanto, uma boa ideia é montar um cardápio semanal, com o prato do dia, sempre buscando aliar qualidade, sabor e um preço atrativo.

Você pode oferecer mais de uma possibilidade para o dia, como:

  • arroz branco, arroz integral ou quinoa;
  • macarrão integral ou macarrão de abobrinha;
  • mel ou açúcar mascavo para adoçar o suco.

Veja algumas elaborações para diversificar o cardápio:

  • panqueca de brócolis;
  • torta de legumes;
  • arroz de couve-flor;
  • quiche de alho-poró;
  • fricassé de frango;
  • quibe de abóbora recheado;
  • purê de batata-doce, mandioquinha, abóbora;
  • quinoa cozida;
  • farofa de castanhas;
  • farofa de banana-da-terra;
  • salada de folhas verdes com ricota;
  • filé de frango grelhado;
  • strogonoff vegano de cogumelos ou palmito;
  • peixe assado;
  • hambúrguer de proteína texturizada de soja e beterraba;
  • hambúrguer de cogumelos;
  • lasanha de berinjela;
  • dentre outras.

Conclusão

Um atendimento de excelência é essencial para atrair mais consumidores e vender marmitas fit. Você viu que o público é diverso, mas todo cliente deseja ter segurança alimentar e satisfação ao adquirir o produto.

Gostou do tema? Confira mais informações sobre como oferecer opções saudáveis para sua clientela.

Tags:
Deixe um comentário