Marketing para delivery: descubra como utilizar os anúncios do Google

Marketing para delivery: como os anúncios no Google podem alavancar as vendas do seu negócio

  • Home
  • Empreendedorismo
  • Marketing para delivery: como os anúncios no Google podem alavancar as vendas do seu negócio
anúncios no Google

Nos dias de hoje, as pessoas estão mais conectadas à internet e muitas delas realizam pesquisas no Google para obter as informações que precisam. Isso acontece, também, quando elas buscam por um restaurante que atenda delivery. Dessa forma, os empreendedores precisam saber como utilizar os anúncios do Google Ads para as campanhas de marketing, alcançando o público que precisa.

O Google Ads é uma ferramenta muito importante para atrair clientes e também para construir a presença de sua marca no meio digital. No entanto, para que o investimento em anúncios no Google seja eficiente, é preciso saber como tal ferramenta funciona e como monitorar o desempenho de suas ações de marketing, e é sobre isso que iremos falar neste post. Confira.

Como os anúncios do Google funcionam no marketing para delivery

O Google Ads é uma ferramenta do Google que permite que você crie anúncios e defina onde eles serão exibidos, por exemplo, nos buscadores do Google, em sites pela rede de display, Youtube e Gmail.

Como o Google é o mecanismo de busca mais utilizado no mundo todo, anunciar nessa plataforma permite uma ampla divulgação do seu estabelecimento.

Para isso, você deve se cadastrar no Google Ads, determinar o valor diário investido no anúncio – o qual pode ser pago em cartão de crédito ou boleto – e definir o tipo de campanha que deseja, ou seja, onde quer divulgar o anúncio.

Além disso, você deve indicar a URL final, ou seja, o endereço eletrônico para onde o usuário será direcionado, além de uma descrição chamativa.

Dicas para a utilização dos anúncios do Google

Nós sabemos que, para quem ainda não está familiarizado com ferramentas de marketing digital, pensar em criar anúncios pagos pode ser bastante desafiador. Contudo, a ferramenta é mais simples do que parece e você pode começar a utilizá-la agora mesmo. A seguir, explicamos um passo a passo sobre como utilizá-la.

Defina as palavras-chave

As palavras-chaves são os principais meios de pesquisa. Elas são termos compostos por uma ou mais palavras que descrevem o seu produto ou serviço e são utilizados para que o usuário encontre o que deseja nos mecanismos de busca.

Assim, as palavras-chaves são aqueles que o público digita quando quer encontrar informações sobre determinado assunto.

Dessa forma, definir palavras-chaves relevantes e com alto volume de pesquisas é fundamental para que você se destaque nos anúncios do Google e seja encontrado exatamente por aquilo que oferece.

Para entender quais os termos mais procurados, você pode utilizar o planejador de palavras-chave, uma ferramenta do próprio Google, ou outras soluções como o Semrush e o UberSuggest.

Segmente o seu público

O primeiro passo para criar um bom anúncio no Google Ads é segmentar o seu público. Nesse sentido, realize um levantamento sobre o perfil de seus clientes. Lembre-se que certamente há mais de um perfil de cliente. Desse modo, elabore anúncios para cada perfil.

Para isso, você pode segmentar o público de acordo com o gênero, faixa etária e dispositivo. Atingindo apenas aquelas pessoas que têm mais chances de comprar no seu estabelecimento.

Se o seu restaurante só atende uma faixa da cidade de São Paulo, por exemplo, anunciar para pessoas de Osasco pode ser uma perda de dinheiro.

Elabore um título

O título deve conter a palavra-chave, ou seja, a palavra que define o seu negócio ou produto, além de ser sucinto e direto, de modo que o usuário identifique rapidamente a solução que você oferece.

Crie uma descrição

A descrição também deve ser sucinta, uma vez que você terá apenas 80 caracteres a sua disposição. Mas fique tranquilo, pois a ideia da descrição é aguçar a curiosidade do usuário para que ele entre em seu site para, aí sim, obter maiores informações.

Na descrição, você pode explorar informações, como diferenciais do seu estabelecimento, benefícios que o cliente adquire ao comprar com você, tempo de atuação no mercado, promoções ou combos, área de cobertura, entre outros.

Indique a URL de visualização

A URL de visualização é um link resumido de onde o usuário será direcionado quando clicar no anúncio. Para criar a sua, faça uso do próprio site da sua empresa e, na sequência, o que exatamente o cliente encontrará após o clique. Por exemplo: nomedorestaurante.com.br/cardápio.

Utilize as extensões de anúncio

É possível, ainda, acrescentar extensões de anúncio, a fim de disponibilizar informações complementares ao potencial cliente, como:

  • sitelink: link para outra página do site;
  • chamada: número de contato do estabelecimento;
  • mensagem: envio de mensagem de texto ao estabelecimento;
  • local: mostra o endereço da empresa a partir do Google Meu Negócio.

Como monitorar o desempenho dos anúncios do Google Ads

Para avaliar a estratégia de marketing, é preciso se atentar para alguns indicadores, sendo dois deles os principais: ticket médio e custo de aquisição de clique.

Ticket médio e custo de aquisição de clientes

O ticket médio corresponde ao valor médio que cada cliente desembolsa em uma compra no seu estabelecimento. Esse indicador financeiro é calculado em relação a um determinado período de tempo, como, por exemplo, semana, mês, trimestre, semestre e ano.

Suponhamos que você queira saber o ticket médio de um determinado mês. Você deverá verificar qual foi o faturamento total nesse período e quantas compras foram feitas e dividir o primeiro valor pelo segundo. Veja a seguir:

  • Ticket médio = Faturamento / quantidade de vendas
  • Ticket médio = R$ 50.000,00 / 500
  • Ticket médio = R$ 100,00

Ou seja, cada cliente gasta, em média, R$ 100,00 em cada compra no seu estabelecimento.

Já o custo de aquisição de cliente, ou CAC, consiste no valor que você investe em marketing para atrair um cliente, bem como o número de clientes obtidos na campanha, a fim de dividir o primeiro valor pelo segundo e comparar o resultado com o valor do ticket médio, pois ele representa o valor médio que cada cliente paga pelos seus produtos. 

Suponhamos que você invista R$ 500,00 em marketing e atraia 10 clientes:

  • CAC = valor investido em marketing / quantidade de clientes atraídos
  • CAC = R$ 500,00 / 10
  • CAC = R$ 50,00

Como o CAC é inferior ao ticket médio, você está atraindo muitas pessoas com o investimento realizado. Agora, suponhamos que você invista R$ 500, 00, mas atraia apenas 4 clientes:

  • CAC = valor Investido em marketing / quantidade de clientes atraídos
  • CAC = R$ 500,00 / 4
  • CAC = R$ 125,00

No exemplo acima, você está investindo muito em marketing, mas não está obtendo um bom retorno. Nesse caso, é interessante avaliar as estratégias de marketing para identificar as falhas e resolvê-las.

Indicadores do Google Ads para ficar de olho

Além dessas duas métricas, que são calculadas pelo próprio estabelecimento, existem alguns indicadores do Google Ads que você precisa acompanhar para entender se seu investimento está gerando ou não resultados.

As principais métricas são:

  • taxa de impressão: indica quantas vezes seu anúncio foi exibido;
  • CTR: o número de vezes em que seu anúncio foi visto e o usuário clicou nele;
  • CPC: o custo pago por clique;
  • taxa de conversão: indica a taxa de pessoas que fizeram a ação esperada no anúncio, seja comprar um produto, entrar em contato com a empresa, entre outros;
  • taxa de rejeição: indica a taxa de pessoas que clicaram no anúncio, mas saíram rapidamente do seu site.

Conclusão

Nesse artigo você entendeu como funcionam os anúncios do Google e como você pode utilizá-los em sua estratégia de marketing para delivery. Na hora de criar os anúncios, é importante pensar de forma estratégica, criando títulos e descrições que capturem a atenção do seu público-alvo.

Além disso, é necessário ter um acompanhamento constante dos resultados, para entender se você não está apenas gastando dinheiro sem ter o retorno esperado.

Gostou das dicas? Confira também nosso post sobre refeições prontas para home office e como atender essa demanda no delivery.

Tags:
Deixe um comentário