Cursos de gastronomia: quais as melhores opções para formar profissionais?

  • Home
  • Gastronomia
  • Cursos de gastronomia: quais as melhores opções para formar profissionais?
Cursos de gastronomia

A gastronomia é uma área abrangente e enraizada no nosso cotidiano. É ela que possibilita o resgate de memórias olfativas e gustativas, como aquela saborosa comida de vó, que remete a nossa infância.

Para os amantes da culinária que desejam ser profissionais nessa área, é fundamental investir em cursos de gastronomia para ter uma boa qualificação e, assim, preparar-se para o mercado de trabalho e para a vida.

Quer conhecer os benefícios de fazer cursos de gastronomia e quais são os principais cursos desse ramo? Continue a leitura do post.

Importância de cursos de qualificação

No ramo alimentício, algumas questões básicas devem ser estudadas por qualquer trabalhador da área, dado que essa é uma forma de demonstrar a competência pessoal e o compromisso com a qualidade do serviço.

Desse modo, os cursos de capacitação são importantes ferramentas para formar um excelente profissional, que saberá a teoria, mas também a prática. Isso porque, eles promovem um currículo mais rico e, dessa forma, aumentam as chances da pessoa ser contratada por uma empresa séria.

Para os proprietários de estabelecimentos, os cursos, tanto para os donos, como para os colaboradores, são uma possibilidade de gerenciar melhor os negócios, reduzir o desperdício de alimentos, comprar os melhores equipamentos, atrair mais clientes e proporcionar um melhor atendimento ao público.

Conheça as principais vantagens de fazer cursos de gastronomia

A gastronomia proporciona emprego aos trabalhadores em vários lugares, como padarias, lanchonetes, restaurantes, bares, supermercados, hotéis, bufês, dentre outros. Além disso, existem diversos benefícios em se profissionalizar nessa área:

  • conhecimentos sobre vários assuntos relacionados à gastronomia;
  • produtividade maior;
  • higienização dos alimentos e do ambiente, além dos utensílios, equipamentos e da higiene pessoal;
  • maior segurança no ambiente de trabalho;
  • estimula a criatividade;
  • trabalho em equipe;
  • aproveitamento total dos alimentos;
  • otimização do tempo;
  • serviço padronizado e versátil;
  • melhor atendimento aos consumidores;
  • preparação para lidar com contratempos, como uma reclamação de um cliente;
  • conhecimento sobre boas práticas;
  • prevenção de acidentes;

Tais vantagens não são apenas para os profissionais, pois o empreendimento lucra muito ao ter pessoas capacitadas no seu corpo de funcionários. 

Curso da Anvisa sobre “boas práticas”

Conforme a Resolução RDC 216, de 2004, boas práticas são instruções da Anvisa para manipular corretamente os alimentos e evitar a contaminação deles e das pessoas que consumirão.

Vale pontuar que, se um cliente passar mal em um estabelecimento, com certeza esse pode ser um prejuízo enorme para a saúde dele, além de causar danos financeiros e morais à empresa.

Nesse sentido, todo trabalhador da área alimentar deve ficar atento às recomendações e nada melhor do que fazer isso por meio do curso online e gratuito “Boas Práticas de Manipulação em Serviços de Alimentação”.

O curso está disponível no site do Enap, resultado de uma parceria entre a Anvisa e a Universidade Federal de Santa Catarina. Para participar dele, é preciso fazer um cadastro quando as vagas forem abertas. Esse é um curso excelente para aprender sobre manipulação de alimentos, higiene, segurança alimentar, e, desse modo, prevenir doenças.

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Veja algumas boas práticas conforme a RDC 216:

  • condições ideais de higiene pessoal;
  • higiene de instalações, equipamentos, móveis e utensílios;
  • manutenção dos equipamentos e utensílios;
  • uso de água potável;
  • manipulação correta dos alimentos, desde a aquisição até servir ao consumidor final.

Técnicas culinárias

Além de conhecer as boas práticas, é preciso saber algumas técnicas para serem empregadas na cozinha, tais como:

  • ultracongelamento: método extremamente rápido de congelamento que realiza o processo de modo a preservar a segurança de alimentos, os nutrientes e as características originais de sabor, textura, aroma e aparência dos produtos;
  • banho-maria: ao colocar uma panela com água no fogão, um outro recipiente é inserido com o alimento, evitando o seu contato direto com a água aquecida;
  • reduzir: para potencializar o sabor do alimento, essa técnica consiste em deixar o líquido evaporar quase por completo e o restante ficará mais concentrado;
  • selar: o alimento é cozido em fogo alto para dourá-lo por fora;
  • branquear: um alimento é colocado na água fervendo por um curto tempo e, em seguida, em água com gelo para preservar a cor, textura e sabor.

São nos cursos profissionalizantes, portanto, que essas e outras técnicas de preparação de alimentos serão aprendidas e aprimoradas. Confira alguns exemplos de capacitações a seguir.

Especializações em cursos de gastronomia promovidos pelo Senac

O Senac oferece cursos de níveis estudantis e assuntos gastronômicos diversos, tais como tipos de cozinha e técnicas.

Veja abaixo alguns cursos na área de gastronomia e alimentação, segundo o site oficial do Senac, e procure saber em quais unidades eles estão disponíveis para você.

Graduação

  • Tecnologia em Gastronomia;
  • Bacharelado em Nutrição.

Pós-graduação – Especialização

  • Gastronomia: história e cultura;
  • Gestão de Negócios em Serviços de Alimentação: foco em Resultados.

Pós-graduação – a Distância

  • Bebidas: mercado, cultura e sociedade;
  • Gestão da Segurança de Alimentos;
  • Gestão de Negócios em Serviços de Alimentação: foco em resultados.

Extensão Universitária

Nas seguintes áreas:

  • Bebidas, serviços e gestão;
  • Cozinha;
  • Nutrição.

Além disso, é possível fazer cursos técnicos e livres.

Cursos técnicos

  • Técnico em Confeitaria;
  • Técnico em Cozinha;
  • Planejamento e Gestão de Cardápios.

Cursos livres

Nas seguintes áreas:

  • Bebidas, Serviços e Gestão, como “Montagem de Mesas de Buffet e Coffee Break”;
  • Confeitaria, como “Doces finos para festas”;
  • Cozinha, como “Formação básica em gastronomia”;
  • Nutrição, como “Alergias e intolerâncias alimentares – fundamentos e gastronomia;
  • Panificação, como “Formação básica em panificação”.

Essas são algumas opções oferecidas pelo Senac. Essa instituição tem o foco na educação profissional, então é uma boa forma de adquirir experiência na gastronomia. 

Entre no site oficial para conferir as oportunidades perto de você, pois essa empresa está em vários locais do Brasil. Além disso, ela também oferece cursos online, o que ajuda muitas pessoas, pela praticidade e flexibilidade dos horários.

Considerações finais

Como vimos, a profissionalização deve ser incentivada pelos estabelecimentos e deve ser vista como uma oportunidade para elevar a carreira dos profissionais dessa área.

Ao adquirir conhecimento sobre as especificidades do ramo alimentício escolhido por meio de cursos de gastronomia, a pessoa será capaz de entender todas as etapas da escolha, produção e armazenamento de alimentos, assim como os cuidados básicos e a assistência ao público.

Veja também este artigo a respeito de menu degustação e como implementá-lo no seu negócio!

Powered by Rock Convert

Facebook Comments

Tags:
Deixe um comentário