Invista na venda de empadas e multiplique sua lucratividade

Invista na venda de empadas e multiplique sua lucratividade

empadas

Com diversos formatos, tamanhos e modos de servir, a empada é sucesso em qualquer lugar. Inclusive, aqui no Brasil, onde a tradicional empada de frango ganha diversas versões diferentes, com recheios que vão desde o mais simples até empadas doces, para agradar a todos os públicos.

Assim sendo, o mercado para esse produto é amplo, receptivo e lucrativo, o que, combinado com sua produção relativamente simples, faz da empada a receita da vitória.

Por isso, trouxemos para você mais um artigo recheado de informações valiosas.

Leia e conheça mais sobre esse delicioso quitute!

Preparo da massa

A massa mais utilizada nas empadas é chamada de “massa podre”, devido a sua textura macia que se esfarela. Em geral, a receita leva 50% de farinha e 50% de algum tipo de gordura (banha, manteiga ou gordura vegetal), com variações que podem levar outros ingredientes para ajudar a dar liga e estabilidade.

Quando produzimos esse produto profissionalmente, o uso de amassadeiras é primordial, porque a quantidade a ser produzida é muito superior. Com ela, ganhamos tempo, padronização e uma homogeneização perfeita dos ingredientes. Além disso, eliminamos também os esforços repetitivos e pesados, que podem prejudicar a saúde de quem manipula.

Preparo do recheio

Para criar um tempero especial para o recheio, aposte em alho, cebola, cebolinha, salsinha, um pouco de pimenta e, se quiser, também adicione especiarias e outras ervas para dar sabor extra ao seu produto, diferenciando-o dos concorrentes. O sabor é algo que tem peso na avaliação e um produto temperado somente com sal pode não impactar significativamente na experiência do cliente.

Outro cuidado é com a textura e a umidade, um recheio seco pode atrapalhar um pouco o paladar, enquanto um cremoso tem melhor receptividade. Converse com seus clientes e fique atento às preferências deles.

Tipos de empada e recheios

Atualmente, são comercializados diversos tipos de empadas, porém, os mais conhecidos são:

  • A empadinha: versão mini, de 15g a 20g, normalmente são vendidas várias unidades de uma vez. Pode ser vendida separadamente ou utilizada para criar pacotes fechados com diversos sabores.
  • A empada: versão normal, que pode ser oferecida desde tamanhos médios, de 50g, até grandes, de 150g.
  • Empadão: versão grande, assada e vendida em pedaços/fatias, pode ter de 200g até 1kg.

Na hora de produzir os recheios, a criatividade é o limite, com a possibilidade oferecer desde os sabores mais conhecidos até os totalmente inusitados, confira:

  • Frango;
  • Frango com catupiry;
  • Carne;
  • Queijo;
  • Alho poró;
  • Palmito;
  • Brócolis;
  • Camarão;
  • Bacalhau;
  • Peito de peru;
  • Combinações com bacon;
  • E muitos outros.

Como as empadas de frango são as mais tradicionais, recomenda-se que sejam produzidas em maior quantidade, pois normalmente essas saem mais que outros sabores.

Além disso, também é comum oferecer sabores doces, que podem ser feitos com a própria massa de empada ou semelhantes a um pastel de nata, confira:

  • Chocolate;
  • Brigadeiro;
  • Leite condensado;
  • Churros (doce de leite e canela);
  • Banana e canela;
  • Goiabada com queijo;
  • Entre outros.

Assim como versões doces de outros alimentos salgados, como pizzas e pastéis, as empadas doces têm menos saída que as opções salgadas. Por isso, para fins de economia, analise sua demanda e ofereça menos opções doces para não haver desperdício de ingredientes.

Automatização na produção de empadas

Vale a pena pesquisar máquinas que já formam e recheiam esses salgados, principalmente para as versões médias e minis, para automatizar seu processo e transformar seu empreendimento em uma fábrica, independentemente do tamanho.

Pensar em produtividade com investimento em equipamentos no plano de negócios não é exagero, uma vez que, diante do crescimento das vendas, você precisará também produzir mais para atender à nova e maior demanda.

Fornos

Podemos utilizar fornos de lastro ou de convecção, mas precisamos ter em mente a capacidade de entrega: quantos salgados assados consigo entregar por dia? Quantos preciso entregar? Mesmo estabelecimentos menores as vezes têm dificuldades no atendimento e daí a necessidade de modelos maiores ou mesmo de um forno menor a mais, para complementar.

Para preaquecer o forno, apesar da temperatura variar de acordo com a receita, para empadas normalmente utilizamos de 150°C a 160°C. Isso porque, como é um produto pincelado com ovo, ele tende a pegar cor facilmente.

Outro ponto é o tempo, quanto maior for o produto, mais tempo de forno ele demandará, para que não fique cru ou frio por dentro.

Dicas de comercialização das empadas

Venda mais a preços menores:  recomenda-se que o preço seja pensado para vender em alto volume e com constância, mesmo que você ganhe menos em cada venda. Assim, além de faturar o mesmo (ou até mais) que o método de venda esporádica, você ainda pode conquistar clientes fiéis e um bom fluxo de caixa.

Pense na vida útil da qualidade: produza, venda e analise quando o produto mais sai. Assim, você pode assar as empadas próximo a esse horário e vende-las fresquinhas aos clientes.

Considere utilizar fornos vitrine: esses são produzidos especialmente para frentes de loja e espaços reduzidos. Com eles, é possível assar, finalizar ou aquecer produtos em frente aos clientes, aumentando assim a atratividade e as vendas.

Considere o uso de speed ovens: esses fornos compactos utilizam de 3 fontes de calor (micro-ondas, infravermelho e ar impingido) para finalizar produtos como as empadas minutos ou até segundos. De forma alternativa, também é possível finalizar produtos resfriados em micro-ondas comerciais.

Considere implementar a produção antecipada: nela, as empadas podem ser produzidas em grandes quantidades e de uma vez só, para então serem congeladas/resfriadas em um ultracongelador e serem apenas finalizadas em speed ovens após o pedido do cliente, sem perder em qualidade. Isso melhora sua gestão de recursos, facilita no estoque e minimiza desperdícios.

Exemplo de receita simples de empada

Ingredientes da massa podre

500 gramas de farinha

250 gramas de margarina profissional ou gordura hidrogenada

2 gemas de ovos

½ colher de sal

Para pincelar

Gemas de ovos

Procedimento

Misture a farinha com a margarina até obter uma “farofa”, amasse até obter uma bola de massa e abra com o rolo até obter uma massa lisa. Corte e forre as forminhas. Faça furos com garfo para evitar que a massa suba.

Coloque o recheio de sua preferência. Pode ser frango desfiado com queijo cremoso, queijos diversos entre muitos outros. Coloque a “tampa” da massa sobre a forminha e pincele as gemas.

Tome apenas cuidado com ingredientes que contenham muita água ou gordura para não alterar a textura da massa ou que contenham muito sal para evitar que o produto fique salgado demais.

Asse em forno a 150°C o suficiente para que a massa fique levemente seca e com boa coloração na superfície. Em geral de 25 a 35 minutos.

Concluindo

Viu como as empadas podem trazer produtividade e lucratividade para o seu negócio? Além delas, com o reaquecimento do mercado, os lanches rápidos e demais salgados também estão com alta nas vendas, tanto nos pontos, quanto em eventos.

Por isso, confira nosso artigo sobre venda de salgados e aproveite mais essa oportunidade para fazer sucesso. Até a próxima!

Fornos de Panificação
Tags:
Blog Comments
Responder

Angela Maria de Souza Castro

Boa tarde equipe da Prática, amei esta novidades, está tudo inovador, com maquinas renovado para melhor desempenho, no trabalho.
Obrigado

Excelente trabalho, goste!

Deixe um comentário