Como o ultracongelamento pode facilitar a centralização da produção

Como o ultracongelamento pode facilitar a centralização da produção

centralização da produção

Você já pensou em utilizar a técnica de ultracongelamento como uma forma de otimizar e facilitar a centralização da produção no seu estabelecimento? Apesar de ser um conceito muitas vezes relacionado à indústria, a centralização da produção não está diretamente associada a processos demasiadamente complexos. A técnica pode ser aplicada em panificadoras, restaurantes, supermercados, entre outros estabelecimentos relacionados ao ramo alimentício.

A centralização de produção pode ser muito eficiente para o seu estabelecimento quando feita com as tecnologias apropriadas. Quer entender mais sobre o assunto? Continue a leitura!

Entenda o conceito 

A centralização da produção significa concentrar a produção em um único espaço de tempo e local com o auxílio do congelamento dos alimentos e outras tecnologias complementares que entreguem maior produtividade. Isso resulta, principalmente, no aumento de produtividade e da padronização com melhor controle de qualidade e redução do desperdício na produção. Além de poder gerar maior oferta de demanda aos clientes do estabelecimento.

Para deixar mais claro, o termo centralização de produção representa a produção antecipada em maior quantidade de alimentos ultracongelados crus, semiprontos e prontos. O que possibilita o armazenamento, distribuição e finalização posteriores em outros locais.

As vigilâncias sanitárias permitem essa abordagem desde que se obedeçam todas as legislações e exigências para instalações, equipamentos, acessórios, matéria-prima, manipulação, processamento, ultracongelamento, armazenagem e distribuição.

Dessa forma, os estabelecimentos que realizam a sua própria produção, principalmente padarias e restaurantes, podem produzir todo o cardápio de forma antecipada, congelando-o posteriormente e utilizando os itens apenas no momento em que o cliente de fato realizar o pedido. 

Aplicação da centralização de produção

O conceito de centralização de produção pode ser utilizado tanto na produção de refeições completas, como é o caso de restaurantes, cozinhas industriais, serviços de self service, bufês, festas e eventos, quanto na panificação e confeitaria, com diferencial somente nos equipamentos de produção e ambos utilizam o ultracongelador.

No caso dos serviços de alimentação completa, um ou mais fornos combinados e demais equipamentos de cozinha complementares são necessários.

Se em uma padaria, os equipamentos convencionais como resfriador de água, amassadeira, cilindro, divisora, modeladora, câmara de fermentação e fornos ou até melhor, grupos automáticos que unem em um único equipamento as funções de divisão e modelagem.

Já o ultracongelador variará conforme o tamanho da demanda. Pequenos empreendimentos podem começar centralizando suas produções com um ultracongelador de 5 bandejas 40 x 60 centímetros. Ao passo que empreendimentos maiores podem utilizar até Espirais de Congelamento.

Por que apostar na centralização da produção

Talvez você acredite que essa alternativa não seja assim tão viável, já que toda produção pode ser executada de forma imediata. Mas imagine, por exemplo, uma panificadora que tenha uma alta demanda diária de produção de pão francês.

Grande parte dos recursos da panificadora são destinados para essa produção diária, como mão de obra, tempo de trabalho e também matéria-prima. Partindo desse ponto, optar pela produção exata, congelamento e armazenamento do pão francês cru no tempo hábil pode representar menos desperdício, otimização de mão de obra e mais agilidade no atendimento ao cliente.

Além disso, é possível utilizar o tempo que seria gasto na produção diária desse item para produzir outros itens variados, como croissants, pães especiais recheados, integrais, coloridos, saborizados com ervas ou os famosos de fermentação natural e longa.

Já no caso de um restaurante, imagine ter que produzir todos os pratos do cardápio todos os dias e em pequenas quantidades. Com a centralização de produção e o ultracongelamento, pode-se fazer pratos de forma programada e armazená-los congelados. Dispensando o preparo diário e trabalhando apenas com a finalização.

Principais vantagens do congelamento na centralização da produção

Aproveitando o exemplo acima, em que mencionamos o quanto a técnica de congelamento pode ser vantajosa para panificadoras, abaixo listamos outras vantagens do congelamento na centralização da produção que podem ser aplicadas também a outros estabelecimentos do ramo alimentício, mesmo os de pequeno porte. Confira!

Mais produtividade 

A primeira vantagem, como já mencionada durante este post, é a maior produtividade dentro do seu estabelecimento. Já que as tarefas estão otimizadas na centralização da produção, evitando retrabalhos, produções muito complexas de grande número de produtos e suas variações e permitindo que a equipe esteja mais focada em desenvolver atividades complementares, que não apenas as relacionadas à produção em si. 

Com o auxílio de equipamentos desta tecnologia, você consegue atender mais rapidamente à demanda que possui, minimizar o tempo de operação e de espera do cliente e otimizar o trabalho de toda uma equipe. 

Otimização de espaço

Quando aplicada a técnica de produção antecipada e congelamento das refeições e alimentos, não é necessário o investimento em áreas produtivas de grande porte e complexas. Pode-se ter o estoque e somente equipamentos para finalização do que já foi produzido antecipadamente.

Finalização

Com produtos já congelados e prontos, bastam apenas os equipamentos para finalização nos pontos de venda que podem ser na própria loja ou nos chamados “pontos quentes” ou lojas mais compactas.

No caso de refeições: utilizam-se para finalização fornos combinados menores no locais de serviços e os Speed Ovens, os chamados fornos de finalização rápida.

Já no caso de panificação: utilizam-se os fornos vitrine que são compactos e permitem assar e finalizar pães e outros produtos de panificação e confeitaria. No caso de pães crus, é necessário a câmara de fermentação.

Já no caso de por exemplo, serviço com pré-assados e sanduíches, os fornos Speed Oven também atendem, porque os pães já estão parcialmente assados e serão apenas aquecidos e dourados para servir.

Mais variedade e produção padronizada

Aproveitando o gancho anterior, aplicar a centralização da produção e congelamento pode ser benéfico pois é possível gerenciar a sua equipe para que ela trabalhe como operadores de uma indústria. Atuando principalmente para padronizar processos, ter mais produtividade e reduzir desperdícios. 

Isso significa, por exemplo, na produção de pães, que é possível criar um processo que será repetido diariamente conforme a medida necessária de produção, congelamento e armazenamento de pães. Assim, posteriormente, descongelamento, fermentação e assar na própria loja ou comercialização e distribuição para terceiros que trabalhariam no conceito de “ponto quente”ou “frente de loja”.

Menos desperdício

De um modo geral, seja na padaria, no restaurante, no hotel ou em qualquer outro estabelecimento alimentício, quando um alimento não é consumido ou utilizado da forma correta, consequentemente ele será descartado, não é mesmo? 

Sendo assim, optar pelo congelamento ultrarrápido significa permitir que o produto seja congelado rapidamente e permaneça armazenado e conservado por mais tempo. Tal prática permite que o alimento só seja retirado dessa condição quando ele já tiver um destino definido ou, se for um prato pronto, quando ele for solicitado pelo cliente. O que não for utilizado naquele momento permanece congelado.. 

Como implementar a centralização de produção

Em virtude de tudo o que foi dito, a prática de congelamento na centralização da produção em estabelecimentos alimentícios pode ser muito vantajosa. Até mesmo para negócios de pequeno porte.

Entretanto, para implementar essa técnica na sua empresa, é necessário que se faça um levantamento das demandas e processos atuais do estabelecimento. De modo a analisar o que é preciso e de que maneira pode ser otimizado. Além, é claro, de se fazer necessário o investimentos nos equipamentos, como o ultracongelador e melhorias na infraestrutura do local para receber os equipamentos.

Será necessário, ainda, contar com a treinamentos para sua equipe, a fim de adequá-la ao novo modelo de trabalho e aplicar melhorias no que diz respeito ao armazenamento e logística no seu estabelecimento. O que contará muito para que o produto final chegue de forma satisfatória ao seu cliente. 

Conclusão

Neste post, você pode conferir as vantagens e aplicações da centralização de produção e como ela pode ser aplicada utilizando o ultracongelamento. Tendo certeza que todos esses passos serão cumpridos, certamente o método trará resultados satisfatórios a longo prazo. Além de muita agilidade e qualidade na entrega do seu produto ao cliente.

Quer começar agora mesmo esse processo de otimização da sua cozinha? Acesse nosso site e confira as opções de ultracongeladores da Prática.

Deixe um comentário