Torta de frango: aumente suas vendas com pedidos ela

Torta de frango: aumente suas vendas tanto na loja quanto com encomendas

  • Home
  • Panificação
  • Torta de frango: aumente suas vendas tanto na loja quanto com encomendas
torta de frango

Apostar em pratos que possam servir tanto como lanche quanto como salgado é uma alternativa interessante para atrair diferentes públicos de consumidores para a sua padaria. A torta de frango é uma receita salgada que pode ser consumida no café da manhã ou da tarde e também em eventos.

Se você deseja saber como preparar tortas de frango de diferentes formas e para diferentes fins, leia o artigo até o final!

Por que preparar tortas de frango na sua padaria?

Os salgados de padaria têm um papel importante na rotina dos brasileiros: eles são frequentemente buscados quando o cliente precisa de uma refeição rápida, seja durante o trabalho ou em pequenos intervalos na correria do dia a dia, como por exemplo no café da manhã, no meio da manhã, substituindo um almoço, no meio da tarde e até no final do expediente.

Por isso, oferecer tortas e salgados é uma forma de se diferenciar da concorrência com um produto relativamente simples. Afinal, a padaria já tem os equipamentos, o insumo e a mão de obra para a produção de salgados assados, então por que não aproveitar essa oportunidade?

Além disso, um cardápio variado proporciona mais valorização na lanchonete da padaria como referência e fonte de receita. Ou seja, fazer torta para a lanchonete ajuda você a ganhar dinheiro e clientes.

Tipos de torta de frango e como prepará-las

Há diversas receitas de torta de frango e qualquer uma delas pode ser elaborada para festas e eventos. Para isso, você pode optar por trabalhar a massa a fim de criar ornamentos a partir dela, investir em uma base ou travessa bem requintada ou até mesmo incluir objetos decorativos no topo da torta.

Os dois principais tipos de massa são a massa podre e a massa com ovos e água:

Massa podre: a mais comum e tradicional à base de gordura e farinha resultando em uma massa quebradiça, mas muito saborosa.

Massa com ovos e água: é uma massa simples que usa os ovos e água na farinha para dar liga. Ela pode ser aberta e esticada e colocada inteira na forma devido aos ovos e maior hidratação, diferente da “podre” que fica mais seca.

Além disso, tanto para o dia a dia quanto para ocasiões especiais, é possível consumir diferentes tipos de tortas de frango, realizando pequenas mudanças no preparo da massa, por exemplo. Já o recheio é aplicável à qualquer massa e é a gosto, sendo necessário apenas o cuidado com a umidade dele, que, se excessiva, pode prejudicar o assamento da torta.

A seguir, veja como preparar uma torta de frango tradicional e quais ingredientes substituir para para produzir a versão com massa podre.

Torta de frango tradicional

Ingredientes

Massa:
  • 280g de manteiga;
  • 2 ovos;
  • 1 gema de ovo para pincelar o topo da torta;
  • 420g de farinha de trigo;
  • 1 colher de sopa de fermento em pó;
  • ½  colher de chá de sal;
  • 3 a 4 colheres de sopa de água fria.
Recheio:
  • 2 peitos de frango desossados;
  • ½  xícara de chá de vinho branco;
  • 1 e ½  cebola;
  • ½  xícara de chá de salsinha;
  • ½  xícara de chá de azeite;
  • 2 a 3 colheres de sopa de óleo;
  • 2 dentes de alho;
  • 1 lata de tomates pelados;
  • 1 lata de ervilha;
  • 1 gema de ovo;
  • sal e pimenta-do-reino moída a gosto.

Modo de preparo

1. Primeiramente, prepare a massa, misturando o ovo e a manteiga. Na sequência, adicione a farinha de trigo e o fermento em pó gradualmente, pressionando a massa com os dedos. Acrescente o sal e amasse a mistura até que ela se torne uma massa homogênea. Caso a massa não dê liga, coloque de 2 a 3 colheres de sopa de água fria.

2. Reparta a massa em três partes iguais e reserve uma delas na geladeira. Faça uma bola com as outras duas massas restantes e abra-as com o auxílio de um rolo até ficarem bem finas.

3. Em seguida, pegue uma forma de fundo removível, unte-a com manteiga, polvilhe farinha, forre-a com as duas massas, cubra com plástico filme e reserve na geladeira por, no mínimo, meia hora.

4. Retire a forma da geladeira e também o plástico filme, fure a superfície da massa com o auxílio de um garfo, cubra-a com papel manteiga e coloque algum objeto que faça peso em cima do papel manteiga, como grãos, para que a massa não cresça muito enquanto assa. Pré-aqueça o forno e asse a massa por cerca de 25 minutos.

5. Enquanto a massa assa, comece a preparar o recheio da torta. Inicialmente, bata em um processador meia cebola, meio dente de alho, sal, pimenta e salsinha. Depois, utilize a mistura para temperar o frango.

6. Corte o frango em pedaços e deixe-os marinar em uma tigela com os temperos e o vinho por 30 minutos. Passado o tempo, coloque o frango em uma panela com óleo, acrescente a marinada e, gradualmente, 1 a 2 colheres de sopa de água. Mexa até que o frango fique dourado de todos os lados e, depois, desfie-o.

7. Refogue o azeite e a cebola em uma panela, acrescente o alho, os tomates pelados, o sal, a pimenta, o frango desfiado, as ervilhas, misture tudo e deixe cozinhar.

8. Desligue o fogo, inclua uma gema crua no recheio e espalhe-o sobre a massa já assada. Retire a massa restante da geladeira, abra-a com o rolo e cubra a torta. Por fim, pincele uma gema de ovo no topo e leve-a ao forno preaquecido por cerca de 20 minutos. 

Torta de frango com massa podre

Ingredientes para massa:

  • 200 gramas de manteiga com sal;
  • 200 gramas de farinha de trigo;
  • sal a gosto.

Modo de preparo da massa:

Coloque a manteiga em uma tigela e adicione gradualmente a farinha enquanto mexe os ingredientes. A massa estará pronta quando começar a desgrudar da mão.Você pode utilizar a mesma receita de recheio na torta de massa podre.

Equipamentos essenciais para a produção e o estoque de tortas

Se você pretende otimizar a produção da sua padaria ou lanchonete, uma alternativa interessante é investir em equipamentos, como os que veremos a seguir:

  • Amassadeira: o manuseio da massa é muito importante na hora de preparar a torta de frango. Uma forma de garantir a qualidade da massa sem abrir mão da agilidade é apostar na amassadeira. Esse equipamento é capaz de proporcionar uma melhor absorção de água pela farinha, fazendo com que a massa renda mais e facilitando a formação da rede de glúten.
  • Forno: atualmente, há diversos tipos de forno, como os de convecção, de lastro, rotativos e até mesmo fornos vitrine, os quais finalizam o produto e os mantêm quentinhos e à vista dos clientes.
  • Ultracongelador: uma forma de otimizar o processo produtivo é realizar a produção antecipada de partes da torta ou dela já montada e pré-assada, ultracongelando tudo e armazenando no freezer para vender sob demanda. Assim, após o pedido do cliente, basta levar a torta ao forno, assar e entregar. Isso tudo minimiza o desperdício e agiliza o serviço. Porém, para realizar todo esse processo, você precisará de um ultracongelador, que é o equipamento responsável por resfriar e congelar com agilidade, mantendo a segurança de alimentos e as características originais de sabor, aroma, textura e aparência dos produtos.
  • Speed Ovens: nele é possível aquecer rapidamente tortas resfriadas ou in natura na hora de servir. O recheio fica quente de forma uniforme, muito mais rápido do que a finalização em micro-ondas convencionais, o que gera a completa satisfação aos clientes.

Conclusão

Viu como a torta de frango pode ser muito versátil, podendo ser consumida tanto no dia a dia quanto em eventos com diferentes tipos de massa? Além das massas, é possível inovar nos recheios, acrescentando alimentos que combinem com o frango, como espinafre, palmito, alho poró e requeijão.

Oferecendo a opção de tortas na sua padaria, você supri a demanda por refeições rápidas e pode conquistar novos clientes e fidelizar os antigos, basta acertar no tempero e na apresentação.

Curtiu este post e quer começas agora mesmo sua produção de tortas? Entenda melhor como funcionam os speed ovens e como eles podem ajudar nessa produção.

Fornos de Panificação
Tags:
Deixe um comentário