Como organizar o salão do restaurante? Confira algumas dicas

Como organizar o salão do restaurante? Confira algumas dicas

  • Home
  • Gastronomia
  • Como organizar o salão do restaurante? Confira algumas dicas
Como organizar o salão do restaurante

Saber como organizar o salão do restaurante pode parecer uma tarefa simples, mas é preciso levar alguns detalhes em consideração, para que tudo funcione perfeitamente. A disposição dos móveis, a iluminação e a decoração são alguns dos fatores que devem ser observados. 

Para ajudar você a organizar o seu restaurante, separamos algumas dicas importantes. Neste conteúdo, você vai aprender como escolher os móveis ideais para o seu espaço, quais são as melhores formas de iluminar o ambiente e como deixar o seu restaurante mais aconchegante.

A organização do espaço e a disposição dos móveis

O layout de um restaurante é de extrema importância, não é só para criar uma boa atmosfera para o cliente, mas também para impactar o seu negócio. Os espaços precisam ser bem analisados e o salão do restaurante deve ser pensado desde o estágio da projeção da planta baixa do local, priorizando a circulação de clientes e colaboradores.

Para desenhar bem essa estrutura, é preciso:

  • pensar nos pontos de entrada e saída do estabelecimento;
  • saber qual o caminho que os funcionários farão para atender os clientes, levar os pratos com agilidade e voltar até a cozinha;
  • planejar o melhor caminho para que os clientes cheguem rapidamente aos banheiros; 
  • pensar no tamanho ideal dos móveis para o salão. 

O planejamento dos espaços ajuda a criar uma experiência agradável para os clientes e facilita o trabalho dos profissionais do estabelecimento. O cardápio, os fornecedores, o atendimento e até a forma de armazenar os alimentos devem ser levados em conta nesse estágio. 

Qual o estilo do seu estabelecimento? O layout deve ambientar e reforçar sua identidade. Se há uma culinária típica ou uma temática marcante, deixe isso bem claro nos elementos do ambiente. Se oferece delivery, pense em como melhorar o fluxo de saída dos entregadores e em como fazer os seus clientes sentirem-se bem ao pedir direto do seu restaurante. 

Acessibilidade no restaurante

Você também precisa aplicar a acessibilidade na hora de organizar o salão do restaurante. Além de ser lei, demonstra aos clientes o quanto aquela empresa é cidadã e evita possíveis multas pelo descumprimento da legislação. Entre as exigências legais sobre a matéria de acessibilidade em restaurantes estão:

  • 5% das mesas devem ser preparadas para pessoas cadeirantes. O mobiliário deve ser integrado ao salão e não excluído em uma região;
  • todos os restaurantes devem conter no mínimo um cardápio em braile.
  • todos os espaços devem obedecer uma altura específica. Nos balcões de autosserviço, a altura máxima é de 85 cm. Também é necessária uma área de aproximadamente 90 cm.

A importância da decoração para um ambiente agradável 

Tudo influencia na experiência final do seu cliente. A decoração do ambiente não é a única coisa que precisa ser pensada quando queremos impactá-lo. Não é à toa que o marketing sensorial vem ganhando cada vez mais espaço no que diz respeito à criação de uma boa experiência ao cliente. Isso vai desde a forma como as cadeiras estão dispostas até o sabor do menu recebido. 

Fique sempre atento às áreas de entrada do seu estabelecimento!

Sabe por quê? O primeiro contato do seu cliente com o restaurante ocorre na área de entrada. Por isso, deve conter elementos atrativos e que chamem a atenção, para que as pessoas comecem a se interessar pelo local. Isso resulta em boas impressões sobre o estabelecimento. 

Segue algumas dicas que ajudarão na escolha dos itens do salão do restaurante:

  • crie a melhor ambientação baseando-se na opinião dos seus clientes ou futuros clientes;
  • ouça elogios e também as críticas dos clientes; 
  • coloque para tocar músicas que tenham afinidade com o perfil do ambiente;
  • use iluminação, toldos atrativos ou discretos, lustres, flores e elementos decorativos alinhados com o conceito do seu negócio. 

É importante manter sempre sua atenção aos detalhes, pensando na persona da marca e no estilo do estabelecimento.

O estimulo da memória visual e olfativa

Pense que a memória visual e olfativa são tão importantes quanto o sabor dos alimentos. Não importa o quão bom seja o seu cardápio, se os seus clientes não conseguirem recordar o que eles comeram, você pode ter certeza de que eles não voltarão. A memória é um aspecto importante na experiência de jantar, e há algumas coisas que você pode fazer para aumentar a memória visual e olfativa dos seus clientes.

Primeiro, é importante ter em mente que a maioria das pessoas recorda melhor as cores do que as formas. Portanto, você deve enfatizar os elementos visuais do seu cardápio. Use cores vivas e contrastantes para destacar os pratos principais e certifique-se de que as fotos são nítidas e atraentes.

Além disso, dê aos seus clientes tempo suficiente para olhar para o cardápio antes de tomar sua decisão – quanto mais tempo eles passarem olhando para as opções, maior a probabilidade de que eles consigam lembrar o que pediram.

Descrições no cardápio

Outra maneira de aumentar a memória visual dos seus clientes é fornecer descrições detalhadas dos pratos. Em vez de simplesmente listar os ingredientes, explique como cada um deles contribui para o sabor do prato – isso dará às pessoas uma ideia mais concreta do que estão prestes a comer.

Além disso, incentive os seus garçons a fornecerem recomendações dos pratos – quanto mais informações forem dadas sobre um determinado prato, maior será a probabilidade de um cliente lembrar dele depois.

Perfil do restaurante x experiência oferecida

Por último, certifique-se de que o ambiente do restaurante está condizente com o tema escolhido – isso fará com que os clientes associem certos aromas e sons às suas refeições. Por exemplo, se você servir uma refeição italiana tradicional, em um restaurante italiano autêntico, decorado com fotos da Toscana e tocando música clássica italiana suave de fundo, é bem provável que os clientes lembrem desse jantar por muito tempo.

No entanto, se você servir uma refeição italiana tradicional, em um restaurante americano padrão, decorado com fotos de Hollywood e tocando uma playlist pop aleatória de fundo, é improvável que os clientes façam qualquer associação entre essa refeição e qualquer coisa específica.

No final das contas, a chave para aumentar a memória visual e olfativa dos seus clientes nos restaurantes é prestar atenção nos detalhes. Desde o cardápio à decoração do ambiente, passando pelos garçons e recomendações detalhadas dos pratos – tudo isso pode contribuir para uma experiência memorável (ou não) para os seus clientes.

Portanto, invista tempo na criação de um ambiente bem planejado e atraente, pois isso fará toda a diferença na forma como as pessoas recordarão (ou esquecerão) da sua comida!

Como organizar o salão do restaurante?

O salão e o bar do restaurante devem se alinhar para o conforto e a segurança dos clientes. Se no seu estabelecimento há um serviço de bar, ele deve ser funcional e acolhedor, pois será nesse lugar que os garçons irão recolher os pedidos para se deslocarem até as mesas e servir as bebidas.

Já o salão deve ser organizado de acordo com sua capacidade de assentos, para que haja conforto e segurança para os clientes. 

Como saber a quantidade ideal de assentos para o local? 

Essa informação deve ser verificada junto ao corpo de bombeiros e outras autoridades locais. Entretanto, é importante que você saiba que é recomendado deixar um espaço mínimo de sessenta centímetros de espaço entre as mesas. Além disso, é indicado se utilize uma mobília firme, sem fendas, para evitar o acúmulo de migalhas. 

Agora que você já tem algumas dicas de como organizar o salão do restaurante e deixá-lo mais atrativo e usual, invista em pratos novos e alinhe todas as expectativas do seu público com a sua marca. Assim, terá clientes fiéis e cada vez mais presentes. 

Curtiu as dicas? Conheça também a tendência de estabelecimentos instagramáveis.

Tags:
Deixe um comentário