Panetone salgado: descubra como produzir

Panetone salgado: descubra como produzir para aumentar as vendas no fim do ano

  • Home
  • Panificação
  • Panetone salgado: descubra como produzir para aumentar as vendas no fim do ano
Panetone salgado

Dezembro é o mês das comidas natalinas, entre elas está o panetone salgado. Para se ter uma ideia, o Brasil ocupa o segundo lugar como maior fornecedor de panetones da América Latina, segundo a Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães e Bolos Industrializados).

Apesar de o panetone tradicional ter o sabor mais adocicado com frutas cristalizadas ou pedaços de chocolate, há também o panetone salgado. Segundo reportagem do Gazeta do Povo, a iguaria começou na Itália e possui duas versões de panetone salgado: salato e gastronômico. Veja os principais motivos para começar a fabricar panetone salgado hoje mesmo!

Por que você deve investir em panetone salgado?

O brasileiro conhece muito mais a versão do panetone doce do que a do panetone salgado. Mas o que muita gente ainda não sabe é que a versão salgada é também deliciosa. Por isso, vale a pena investir na receita que conquista quem não é muito fã de doce.

A massa pode receber um toque muito agradável de sabor com ingredientes como bacon, calabresa e queijos. 

A versão italiana, conhecida como panetone salato, é feita com uma massa doce e sem recheio, com cobertura de queijo parmesão ou padano. De qualquer forma, a pessoa pode abusar da criatividade e dar um toque muito pessoal a esse alimento tradicional. Azeitonas e linguiça calabresa são muito bem-vindas para enriquecer o sabor diferenciado.

Já a outra versão italiana, chamada de panetone gastronômico, é mais parecida com um bolo que pode ser recheado. Primeiramente, o panetone é assado para ser recheado após esfriamento. Uma boa sugestão é colocar queijo mascarpone em suas fatias e servir. 

Como é a produção do panetone salgado?

O panetone salgado agrada àqueles que gostam de novidades e também preferem saborear o tradicional pão natalino fora da sobremesa. A receita recebe ingredientes como peito de frango, queijo e presunto, calabresa, além de temperos como cheiro verde e tomate seco. 

Assim, a Panetteria Palhano obteve muito êxito em Londrina, Paraná. Por lá, a receita já foi para as prateleiras há mais de 15 anos.  O sabor diferenciado deu tão certo que logo os clientes começaram a pedir para consumir durante todo o ano. A massa é fofinha e muito bem recheada com os ingredientes citados acima. Tem também o recheio de torresmo e todas levam cobertura de parmesão.

Já outras marcas tradicionais começaram a lançar a versão salgada no mercado em 2018, com ingredientes como provolone, presunto, queijo parmesão e orégano.

Como produzir panetone salgado?

Os panetones são produtos que exigem um espaço amplo na produção. Mas, para não perder a qualidade na maciez da massa, é preciso ter agilidade no processo de assar. 

O que mais agrada o paladar do cliente que gosta de panetones é também a umidade do produto.  Por outro lado, os panetones ressecados são pouco apreciados. Sendo assim, nada melhor que escolher câmaras de fermentação controlada, que farão a fermentação preservando a umidade do produto.

A grande vantagem de controlar a fermentação é poder sincronizar o forno com o movimento de pedidos. Assim, é possível acelerar o processo para assar a massa à medida que o pedido seja maior naquele período. Com esse controle em mãos, a umidade se mantém, já que é indispensável para garantir a qualidade do produto.

Veja esta receita de panetone salgado

O panetone salgado pode ser feito com recheios diversos. Além de ser uma opção diferenciada para levar para festas, a iguaria pode virar um item para presentear. 

Ingredientes

Fermentação

  • 15 gramas de fermento biológico fresco
  • 12 gramas de açúcar
  • 60 mililitros de água de água morna
  • 60 gramas de farinha de trigo

Massa do panetone salgado

  • 2 ovos inteiros (120 gramas)
  • 420 gramas de chá de farinha de trigo
  • 60 mililitros de chá de leite
  • 6 colheres de sopa de açúcar
  • 5 mililitros de essência de baunilha
  • 36 gramas de manteiga em temperatura ambiente
  • 12 gramas de sal
  • 60 gramas de queijo parmesão ralado

Recheio

  • 60 gramas de linguiça calabresa moída ou picada em cubos pequenos
  • 60 gramas de queijo provolone picado em cubos pequenos
  • 60 gramas de lombo picado em cubos pequenos
  • 60 gramas de azeitonas verdes sem caroços picadas

Modo de fazer

Fermentação 

  • Coloque o fermento biológico fresco e o açúcar em um recipiente e misture bem até dissolver todos os ingredientes.
  • Junte a água morna. A temperatura deve ser respeitada para não matar o fermento, algo que acontece se a água estiver muito quente. Por outro lado, caso esteja fria, a fermentação não será ativada.
  • Junte a farinha de trigo, misture e tampe o recipiente com um filme plástico. Cubra com um pano, para aquecer e inchar mais rápido.
  • Deixe descansar por cerca de 15 minutos.

Massa

  • Após o período aproximado de 15 minutos, faça um buraco no meio e adicione os ovos, o açúcar, o leite morno, a manteiga, o sal, o queijo parmesão ralado e a essência de baunilha. 
  • Misture bem até obter uma massa homogênea.
  • Acrescente a farinha de trigo aos poucos e evite deixar os grumos na massa. 
  • Depois disso, transfira para uma bancada e sove a massa até desgrudar das mãos. Se for preciso, adicione um pouco mais de farinha.

Recheando a massa

  • Abra a massa e coloque os ingredientes do recheio. 
  • Incorpore bem o recheio na massa e leve-a para um recipiente enfarinhado para que não grude.
  • Cubra a massa com um filme plástico, coloque um pano e deixe descansar dentro do forno desligado por 30 minutos, aproximadamente, até dobrar de volume.
  • Em seguida, divida a massa em duas partes, coloque em formas próprias para panetones de 500 gramas e cubra novamente com um pano até crescer.
  • Pincele a superfície do panetone com a gema e polvilhe com o queijo parmesão ralado.
  • Leve o panetone salgado para assar em forno preaquecido a 180 graus por 40 minutos ou até a superfície dourar. 
  • Retire do forno, deixe amornar e sirva em seguida.

O panetone salgado pode ser um sucesso no seu estabelecimento. Siga essas dicas e venda em grande escala. Gostou do post? Como aumentar o faturamento do seu negócio no fim do ano.

Fornos de Panificação
Blog Comments

Gostei e vou fazer. Muito obrigado pelas dicas inteligente

Olá, Reginaldo. Ficamos muito felizes com sua visita. Veja também nosso guia rápido para venda de panetones no link:
https://blog.praticabr.com/guia-rapido-para-a-producao-e-venda-de-panetones/

Deixe um comentário