Divisoras para massas hidratadas: saiba porque você deve investir!

Divisoras para massas hidratadas: saiba porque você deve investir!

  • Home
  • Panificação
  • Divisoras para massas hidratadas: saiba porque você deve investir!
Divisoras para massas hidratadas

Você sabia que existem divisoras para massas hidratadas? Pois é, contar com os equipamentos certos faz toda a diferença para quem empreende no setor de food service.

Quando o assunto é a produção de pães artesanais, a divisora para massas hidratadas é essencial para garantir uma linha de produtos de alta qualidade a custos mais baixos e grande valor agregado.

Os clientes que buscam por esse tipo de pão estão dispostos a pagar mais por seus atributos especiais, como cor, sabor, textura e aroma. Por outro lado, eles são exigentes, o que demanda um cuidado maior.

Está pensando em adotar uma linha de produtos artesanais em sua padaria? Então, confira neste artigo a importância de ter uma divisora para massas hidratadas e como transformar essa nova oferta em um diferencial!

Por que as massas hidratadas precisam de uma divisora especial?

Muitas receitas de pães artesanais utilizam os mesmos ingredientes do pão francês: farinha, fermento, água e sal. A grande diferença está no processo. Veja os detalhes a seguir. 

Massas hidratadas são mais delicadas

Em primeiro lugar, os pães artesanais são feitos com massas que levam uma proporção maior de água em relação à farinha. Em geral, o percentual de hidratação fica entre 70% e 90%, o que resulta em uma massa mais mole e pegajosa.

Outro ponto importante é que o processo de fermentação também é diferente. Ao contrário do pão francês, a divisão da massa é feita após fermentação. Isso deixa a massa mais delicada e o manuseio inadequado pode fazer com que boa parte do trabalho seja perdido.

Por isso, as divisoras comuns não podem ser usadas em massas hiper hidratadas. Elas não são apropriadas para garantir a sua uniformidade antes do corte, nem que a fermentação seja mantida.

A divisão manual de massas hidratadas é mais cara e demorada

Uma alternativa às divisoras para massas hidratadas seria a execução manual dos cortes. O problema é que, por ser delicada, requer conhecimento e muita experiência do profissional. Portanto, contratar um padeiro com essas habilidades pode ser bem mais difícil.

Além disso, o processo de dividir uma massa hidratada manualmente é demorado. Ela precisa ser aberta de forma uniforme sobre a mesa, com o cuidado de manter a fermentação, e ainda depende da experiência do padeiro em conseguir cortes perfeitos.

Divisoras para massas hidratadas ocupam menos espaço

Em segundo lugar, um ótimo motivo para ter uma divisora específica para massas hidratadas é que o processo manual requer espaço. O profissional precisa espalhar a massa toda pela mesa, gastando mais farinha, fazendo bastante bagunça e tomando uma boa quantidade de metros quadrados do ambiente.

Além de não ser uma forma otimizada de trabalhar, isso vai exigir que sua padaria seja maior, interferindo diretamente no valor do aluguel. Logo, é um ponto no qual se pode economizar para aumentar a margem de lucro do negócio.

Quais são as variedades de pães que esse equipamento atende?

Quando falamos em pão artesanal estamos, na verdade, nos referindo a uma linha de produtos bastante variada.

O acréscimo de ingredientes, como grãos, oleaginosas, frios, ervas, condimentos, conservas e farinhas integrais ajudam a diversificar a oferta. Outra questão a ser salientada são os formatos possíveis.

As divisoras para massas hidratadas vêm com vários tipos de facas, que podem ser trocadas de acordo com o formato e quantidade de pães que serão produzidos.

No caso da Divisora DMH1.5, que tem acionamento manual, são 3 tipos de cortadores. Existem também a Divisora DHM 5.0, que tem acionamento hidráulico, e muito mais opções em tipos de cortadores.

Entre os tipos de cortadores para estes equipamentos são baguete, ciabatta e italiano com tamanhos diferentes.

Como utilizar a produção artesanal como um diferencial de vendas?

Se você está pensando em oferecer apenas uma ou duas opções de pães feitos com fermentação natural, saiba que esse não é o melhor caminho. A produção desse tipo de produto atrai um público mais específico, e isso deve ser usado como um diferencial para o seu negócio, com todo o potencial que ele tem a entregar.

Por isso, veja algumas dicas para aproveitar melhor essa tendência.

Adote a produção artesanal como um conceito em sua padaria

A produção artesanal demanda esforços e equipamentos que não devem permanecer subutilizados. O ideal é adotar uma linha mais completa de pães artesanais, que permita que os clientes tenham várias opções e queiram experimentar todas elas.

Você pode começar escolhendo um espaço especial para apresentar esses produtos, utilizando estratégias de marketing para reforçar a qualidade dos pães e seus benefícios para a saúde. Na medida em que a demanda for crescendo, aumente a oferta e, consequentemente, sua lucratividade.

Utilize a estratégia do ponto quente

O ponto quente é a estratégia perfeita para os produtos artesanais. Utilizando “fornos vitrine” compactos pode-se assar às vistas dos fregueses no conceito de frente de loja

Além do apelo visual, de presenciar o pão crescendo e ganhando cor, o aroma que fica no ar é irresistível. Essas táticas aumentam o desejo de experimentar os produtos para aqueles que ainda não os conhecem e faz com que as vendas cresçam.

Tenha produtos frescos ao longo de todo o dia

Os pães feitos com massas de alta hidratação são ainda mais gostosos quando consumidos frescos. A casca está mais crocante, o miolo mais úmido e macio e o calor se torna um belo convite a levar uma manteiga para acompanhar. Portanto, organize sua linha de produção para equilibrar as fornadas e garantir pães frescos o dia todo.

Invista em uma linha completa de equipamentos

Como vimos até aqui, os produtos artesanais não exigem que tudo seja feito manualmente. O foco, na verdade, está no uso de ingredientes como o levain, e o cuidado no processo de fermentação.

As divisoras para massas hidratadas são fundamentais, mas, além delas, é importante contar com amassadeira, para uma mistura mais homogênea, câmaras de fermentação, para o controle do tempo e condições de crescimento da massa, e forno de lastro, para ter um pão crocante por fora e macio por dentro. 

Ademais, para ajudar na produção o uso de ultracongeladores para produção destes pães pré-assados também é um investimento interessante e vale a pena conferir. 

Por fim, aprofunde seus conhecimentos sobre este tipo de massa com alta hidratação, o preparo do fermento e os 7 cuidados na produção de pães artesanais. Continue a leitura.

Fornos de Panificação
Blog Comments

Gostaria de saber a forma de pagamento

Olá, tudo joia? Entre em contato conosco no e-mail sac@praticabr.com ou nos envie uma mensagem no Whatsapp (35) 3449-1213. Aguardamos seu retorno =)

Deixe um comentário