Entenda como promover a otimização de processos em uma cozinha profissional

Powered by Rock Convert

Mais do que técnica e expertise, uma cozinha profissional precisa ser ágil, dinâmica e adaptada para o alto rendimento. Em estabelecimentos, é preciso ter um fluxo ágil de saída de pratos e de produtos, o que demanda organização e o uso de equipamentos na conservação e preparo. A otimização de processos é uma importante preocupação que negócios do setor devem ter.

Em rotinas de grande exigência, com a necessidade de renovar estoques e manter o estabelecimento sempre abastecido, tempo significa dinheiro. Faturar depende da capacidade da cozinha profissional em manter um ritmo de produção equivalente às exigências do comércio. Por isso, é fundamental estabelecer processos eficazes, apoiados em equipamentos profissionais.

Neste post, a partir da percepção de Rafael Fraga, Chef Corporativo Nacional da Prática, mostraremos como otimizar processos na cozinha de estabelecimentos. Confira!

Qual a importância de otimizar os processos da cozinha profissional?

A cozinha profissional passa por níveis de exigência altos, uma vez que é necessário atender a todo o volume de compras de um dia de trabalho. Independentemente se estamos falando de uma panificadora, lanchonete ou restaurante, cada um desses estabelecimentos têm sua demanda. Mais ou menos alta, com suas particularidades, ela exige alto rendimento e boa produtividade.

Dinamismo

Servir refeições, alimentos, salgados ou produtos alimentícios variados é um trabalho que requer planejamento e antecipação. Por exemplo, pode não ser a melhor opção preparar todos os pratos no momento de servir, o que pode gerar um grande atraso. Por isso, em alguns casos, a cozinha deixa parte deles prontos, o que permite que eles sejam apenas finalizados antes de serem servidos.

A otimização de processos na cozinha é um trabalho que parte de uma análise do que é comercializado e, a partir disso, há o entendimento dos esforços necessários. Para otimizar, é necessário então estruturar toda a linha de produção, do início até a chegada do alimento ao balcão, ou a mesa do cliente que frequenta o restaurante.

Padronização

Um dos pontos mais importantes da otimização é a padronização. Ela garante que cada unidade do produto servido, ou cada refeição, tenham as mesmas características, sabor e qualidade. A variação pode gerar a insatisfação no consumidor, que espera consistência.

Padronizar permite que haja a conservação do que chama atenção no produto, o que só é possível com esforços estratégicos, baseado em organização na cozinha. A otimização de processos é a principal responsável por isso.

Otimização de recurso

Sem tecnologia, há grandes chances de desperdiçar recursos. A otimização de processos passa também pelo uso de equipamentos profissionais que garantem que toda energia utilizada em um forno, por exemplo, seja consumida com o preparo de produtos e de refeições.

Há também nesse cenário a despesa de grandes equipes cuidando do processo, o que permite, além de trabalhar com equipes menores, alocar pessoas em tarefas mais qualificadas. Assim, há pessoas preparadas se dedicando a demandas menos mecânicas e mais técnicas, em que elas podem fazer diferença para a qualidade final dos alimentos.

Powered by Rock Convert

Como fazer a otimização desses processos?

O trabalho de otimização de processos na cozinha profissional passa por algumas etapas fundamentais, desde a qualificação das pessoas até a preparação da infraestrutura, A seguir, entenda melhor quais são os estágios essenciais para uma cozinha organizada e dinâmica!

Powered by Rock Convert

Treinar a equipe da cozinha

Os treinamentos são essenciais para que os colaboradores saibam como funcionará o processo daquela cozinha. Por mais que sejam trabalhadores com experiência, as práticas mudam de acordo com o mercado e com as exigências do estabelecimento. Por isso, o chefe de cozinha e outros profissionais em cargos de liderança devem estruturar o programa de treinamento adequado.

Muitas vezes, essa preparação envolverá não somente a organização de preparação, mas também a operação do maquinário da cozinha, Equipamentos de corte, resfriamento, aquecimento e cozimento são parte fundamental dos processos diários. Por isso, pode ser importante incluir nos treinamentos representantes dos fornecedores dos equipamentos.

Antecipar a produção

A antecipação da produção é um dos métodos mais importantes aplicados à otimização de processos. Essa prática garante que estabelecimentos consigam deixar alimentos prontos conservados, ou restando apenas a fase de finalização, antes de servi-los. Para isso, o ultracongelamento é um dos principais processos que garantem a eficácia da antecipação.

Esse procedimento congela produtos de maneira avançada, conservando suas propriedades principais, como sabor, cor, textura, aroma, entre outros pontos. Posteriormente, basta levá-los ao microondas profissional para que sejam servidos na temperatura certa. Antecipar a produção evita gargalos na cozinha e garante que empresas consigam atender a altos níveis de vendas.

Quais equipamentos auxiliam na otimização de processos da cozinha profissional?

Um dos pilares da otimização de processos é a utilização de equipamentos da cozinha profissional. Com eles, é possível atender aos mais altos níveis de exigência, independentemente do ritmo de produção necessário. Eles também garantem conservação adequada de alimentos, especialmente com produção antecipada, e preparo qualificado para servir o cliente.

Entre os principais equipamentos indispensáveis aos mais diferentes tipos de estabelecimentos estão:

Quais são os erros que prejudicam a eficiência dos processos?

Processos bem-estruturados trazem resultados incríveis, mas alguns erros podem minar essa solidez. A seguir, entenda quais falhas são mais recorrentes e quais problemas podem causar.

Dimensionamento incorreto da infraestrutura

É preciso saber o quê as exigências de produção atuais vão implicar em nível de equipamento. Por vezes, a falta de entendimento causa a falta de infraestrutura básica para o funcionamento do estabelecimento, ou seja, o subdimensionamento. Isso gera a perda de dinheiro e a incapacidade de atender o fluxo de consumidores que o estabelecimento recebe diariamente.

Subutilização de equipamentos

Em outros casos, os estabelecimentos têm os equipamentos necessários, mas não sabem exatamente como utilizá-los nas suas rotinas. O subaproveitamento gera gargalos, atrasos e, consequentemente, a falta de entrega de uma oferta maior de produtos à disposição do público.

Falta de preparo da equipe

Equipes sem preparo não serão capazes de se adaptar à otimização de processos. É fundamental treinar essas pessoas a partir de duas bases: o fluxo de tarefas estabelecidos pelo negócio e as práticas mais adequadas no uso dos equipamentos.

O trabalho de otimização de processo é fundamental para que cozinhas profissionais consigam aliar qualidade na produção ao dinamismo. Não basta servir e vender alimentos de qualidade, é preciso ter agilidade para que o estabelecimento funcione bem.

Em busca da infraestrutura de equipamentos adequada para o seu negócio? Entre em contato com a Prática e saiba como podemos ajudar!

Lava-louçasPowered by Rock Convert

Facebook Comments

Deixe um comentário