Guia rápido para a produção e venda de Panetones

Dezembro está chegando e, com ele, as festas especiais de fim de ano. No Natal, dentre os vários alimentos típicos da ceia, encontramos o delicioso, chamativo e simbólico Panetone. Mas se engana quem pensa que ele é consumido apenas na ceia. Seu sabor único fez dele um produto popular, que já está presente em vários estabelecimentos, mesmo com alguns meses de antecedência, com diferentes faixas de preços, sabores e apresentações. Por isso, fabricantes de todos os portes se dedicam a produzir o Panetone e a importância dele sobe a cada ano.

Quer participar das vantagens de oferecer esse produto ou aprimorar sua produção dessa maravilha do Natal? Então continue lendo e confira!

Na hora de produzir

Ao criar ou seguir receitas, é importante pensar em qual público você atenderá. Com um olhar crítico é possível identificar quais produtos e sabores que geram mais satisfação na clientela e, assim, envolver insumos e processos que sigam esse gosto.

Revise seu modo de produção

O primeiro equívoco, cometido por muitos empreendedores, é tentar começar a produção de Panetones do zero, com os insumos em sua forma primária e com processos artesanais, chegando até à tentativa de produzir o próprio aromatizante. Isso demandará uma lista extensa de ingredientes caros e profissionais muito experientes. Consequentemente, serão aumentados os custos, a complexidade dos processos e as chances de serem gerados erros e prejuízos.

Inúmeros fornecedores disponibilizam vários insumos que facilitam, barateiam e padronizam o produto final, como pré-misturas e melhoradores especiais para Panetones, aditivos para a melhoria de shelf life, enzimas específicas para esse produto, aromatizantes, corantes etc.

Essas empresas contam com alta tecnologia e atualizam anualmente seu portfólio de produtos desse tipo, algumas até oferecem seus profissionais para a implementar seus produtos em campo. Quando se trata de ingredientes, vale a pena estudar bastante os fornecedores e, após isso, contatar, conhecer e testar as marcas que mais agradarem.

Forneça diferentes tipos de recheios

O que chamamos de Panetone é a massa com o recheio mais tradicional: de frutas. Porém, hoje em dia, o chocotone, recheado com gotas de chocolate ou até trufado com diferentes recheios doces, é um grande sucesso de vendas, tanto pelo delicioso sabor do chocolate, aprovado por todos, quanto por esse ser uma alternativa para aqueles que não gostam muito do sabor das frutas.

Esse conceito também tem sido utilizado na produção de Panetones salgados. Esses podem ser feitos com a massa normal, resultando em um sabor agridoce entre a massa doce e os recheios salgados, ou com uma massa semi-doce, que não leva a pré-mistura com aromatizante e resulta em um sabor totalmente salgado. Tudo depende do gosto do cliente.

Os recheios podem ser variados, entram na lista: calabresa, queijos (mussarela, parmesão, gorgonzola etc), bacon, carne seca, presunto, peito de peru, entre muitos outros deliciosos produtos que conquistam os clientes à primeira vista.

Falando em recheios, a adição generosa deles em qualquer tipo de Panetone é uma ótima estratégia. Isso porque, quando comparado o seu produto com outros, principalmente com os industrializados, esse será um grande diferencial. Assim como, caso você não use o suficiente de recheio, essa falta afetará negativamente suas vendas, afinal, a pior surpresa é comprar um Panetone e descobrir que ele vem com pouco chocolate ou frutas.

Fique atento às receitas e seus resultados

Nas receitas, um grande aliado é o fermento natural. Esse funciona como um aditivo à receita clássica de Panetone, que, quando adicionado à massa doce, confere sabor, aroma, cor e textura únicos. Vale a pena conhecer, testar e oferecer.

No quesito hidratação, massas menos hidratadas serão mais fáceis de manipular, porém, resultarão em um produto ressecado e que esfarela, principalmente depois de embalado. Por isso, aumentar a umidade é essencial, para manter a textura macia que todos buscam nesse tipo de produto. Elementos como gorduras, ovos e leite são ideais para essa equação.

Qualquer modificação em receitas, fornecedores, ideias e processos deve ser testada com antecedência, pensando na aceitação do consumidor sobre o produto final.

Porém, com receita nova ou tradicional, é sempre necessária a análise sensorial de seu produto. Aspectos como maciez, aroma, cor, sabor e recheio, devem ser fiscalizados para garantir a máxima qualidade.

Powered by Rock Convert

Escolha equipamentos de qualidade

Por serem produtos maiores, é necessário mais espaço e é comum o profissional deixar uma leva de Panetones esperando enquanto outra assa, o que impacta na fermentação e causa ressecamento. Assim sendo, fornos maiores, que também assem mais rápido e com mais qualidade, ajudam na produtividade.

Outra opção interessante são as câmaras de fermentação controlada, que podem acelerar ou retardar a fermentação, mantendo a umidade.

A Prática tem à disposição as fermentadoras e, também, fornos turbos, fornos rotativos e fornos lastro, sendo que esse último modelo utilizado para produtos com características premium, por deixar o interior mais úmido e macio.

Na hora de vender

Tenha cuidado com a administração de custos

O objetivo de todo o negócio é aumentar as vendas e otimizar os ganhos. Por isso, produtos mais baratos, porém, de menor qualidade, ou excelentes, mas com preço proibitivo, são extremos a serem evitados.

Se ofereço um produto muito caro, poucas pessoas terão condições de adquirí-lo, logo, ou vendo menos, ou abaixo o preço e diminuo o lucro. Ao mesmo tempo, se vendo um alimento de custo muito baixo, mas pouco saboroso, as compras virão apenas uma vez.

O ideal é conseguir criar o perfeito equilíbrio, com bons ingredientes e equipamentos de qualidade, sendo utilizados por profissionais experientes.

Divulgue a novidade

Contratar uma boa agência de publicidade pode ser um ótimo investimento. Assim, será desenvolvido todo o material de divulgação, com o intuito de informar a disponibilidade da novidade natalina em sua padaria e, consequentemente, isso aumentará as vendas. Essa dica, inclusive, vale para o ano todo, não só para épocas especiais.

Venda em embalagens chamativas

Esse ponto também conta muito. As embalagens, principalmente as artesanais, dão um toque especial ao produto. Laços de fita coloridos, fibras naturais, cartões, caixas, sacolas e brindes ajudam muito na venda durante essa época, já que são produtos constantemente oferecidos como presentes. Outro ponto principal é ter sua marca nas embalagens, isso reforçará a lembrança dos clientes sobre ela.

Disponibilize degustações

Essa é uma forma de chamar a atenção da clientela, mostrar que seu produto é saboroso e simpatizar com os clientes, oferecendo um “mimo”. Treine seus atendentes para oferecer esse serviço aos clientes e tenha uma estratégia para limitar as degustações e fazer com que essas cheguem a mais pessoas. Após ter seu paladar conquistado, provavelmente o consumidor levará um Panetone.

Tenha um lugar de honra na loja

Dê maior ênfase aos produtos próprios. Coloque-os em um lugar bem visível e acessível aos clientes, com toda identificação e preços.

Se for preciso, retire gôndolas, vitrines e móveis e produtos industrializados ou de terceiros para liberar espaço. Afinal, esta é a época de se vender Panetones e precisamos aproveitar.

Abrace o espírito natalino

O Natal não demanda apenas produtos temáticos, a decoração também é importante! Grandes empreendedores entendem muito bem o efeito de uma bela decoração natalina sobre os consumidores, e o segmento de panificação não pode deixar de utilizar essa estratégia.

Prepare sua loja e use muito a criatividade, com pisca-piscas, bolas coloridas, grinaldas, estrelas, entre outros itens. A decoração natalina é bonita, alegre e chamativa, além de demandar pouco investimento para ser aplicada.

E aí, gostou das dicas para alavancar suas vendas neste Natal? Então acesse o blog da Prática e descubra mais soluções e informações sobre o mercado de food service!

Fornos de PanificaçãoPowered by Rock Convert

Facebook Comments

Deixe um comentário